Repositório Digital

A- A A+

O que ouço me conduz e me produz? a constituição de feminilidades de jovens contemporâneas no espaço escolar da periferia

.

O que ouço me conduz e me produz? a constituição de feminilidades de jovens contemporâneas no espaço escolar da periferia

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título O que ouço me conduz e me produz? a constituição de feminilidades de jovens contemporâneas no espaço escolar da periferia
Autor Vargas, Juliana Ribeiro de
Orientador Xavier, Maria Luisa Merino de Freitas
Data 2015
Nível Doutorado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Educação. Programa de Pós-Graduação em Educação.
Assunto Estudos culturais
Feminilidade
Gênero
Juventude
Periferia urbana
[en] Cultural studies
[en] Femininities identity
[en] Gender
[en] Music genders
[en] Urban periphery
[en] Youth
Resumo Esta tese tem como objetivo visibilizar e problematizar a operacionalidade de determinados discursos na constituição de subjetividades de um grupo de jovens contemporâneas, com idades entre treze e quinze anos, estudantes de uma escola pública localizada na periferia de Porto Alegre (RS). Tais discursos foram reiterados pelas mídias musicais acessadas pelas estudantes por meio de seus aparelhos celulares e por suas próprias narrativas acerca das temáticas evidenciadas nas referidas mídias. Vale destacar que as jovens deste estudo escutavam e compartilhavam suas músicas preferidas nos aparelhos celulares, muitas vezes, em meio às atividades de sala de aula. Em consonância com as teorizações dos Estudos Culturais, dos Estudos Feministas e de Gênero, em uma abordagem pós-estruturalista, entendo que os discursos operam sobre a constituição de subjetividades de tais alunas e, por conseguinte, na (re)produção dos modos de viver a feminilidade na atualidade. Para tanto, busco nos referenciais da Análise do Discurso de inspiração foucaultiana, aportes para compreender as músicas e as narrativas das jovens, em questão, como superfície de visibilidade de certos enunciados que reiteram determinados discursos. Como estratégias metodológicas, também utilizo-me da análise das mídias musicais armazenadas pelas alunas em seus aparelhos celulares; dos grupos de discussão organizados com as referidas estudantes, e, ainda, de estratégias de observação de seu cotidiano no meio escolar. As unidades analíticas deste estudo são constituídas por meio da problematização dos discursos frente aos campos associados sexualidade, consumo e juventude, dimensões agregadoras dos referidos discursos. Frente às análises realizadas, pode-se depreender, entre outros achados, que as jovens em questão, mesmo protagonizando comportamentos mais transgressores, reiteram em suas narrativas também discursos conservadores acerca das posturas femininas. Compreendo que esta investigação, mais do que visibilizar e problematizar os modos sobre os quais jovens contemporâneas conduzem suas condutas, visa contribuir para organização de diferenciadas práticas pedagógicas nas instituições escolares, a partir do conhecimento das práticas de vida das jovens na atualidade.
Abstract This thesis aims to visualize and question the operability of certain discourses in the constitution of subjectivities of a contemporary group of young people, aged thirteen and fifteen, who are students from a public school located on the outskirts of Porto Alegre (RS). Such speeches were reiterated by the musical media accessed by students through their mobile devices and their own narratives about the issues highlighted in these media. It should be stressed that, the young people of this study listened and shared their favorite songs on their mobile handsets, often in the midst of classroom activities. In accordance with the theories of Cultural Studies, of Feminist and Gender Studies, in a post-structuralist approach, I understand that discourses operate on the constitution of subjectivities of such students , consequently on the (re) production of the modes of living femininity today. Therefore, I seek on the benchmarks of the discourse analysis inspired by Foucault, contributions to understand the music and narratives of the young people in question, as a surface of visibility of particular wordings that reiterate certain discourses. As methodological strategies, I also used the analysis of musical media stored by the students in question on their handsets; discussion groups organized with these students, and still, observation strategies on their school daily life. The analytical units of this study are made by questioning the discourses, facing the fields associated with sexuality, consumption and youth, aggregating dimensions of those speeches. In light of all the analysis that were made, it can be assumed, among other findings, that the young people concerned, even starring behaviors more offenders, reiterate in their narratives also conservative discourses about women's attitudes. I understand that this research, more than visualize and problematize the modes on which contemporary young people lead their conduct, aims to contribute to the organization of differentiated teaching practices in schools, from the knowledge of the young people living practices today.
Tipo Tese
URI http://hdl.handle.net/10183/115726
Arquivos Descrição Formato
000965122.pdf (2.158Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.