Repositório Digital

A- A A+

A vida deles é brincar : a importância do brincar dos bebês na visão de pais e professores

.

A vida deles é brincar : a importância do brincar dos bebês na visão de pais e professores

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título A vida deles é brincar : a importância do brincar dos bebês na visão de pais e professores
Autor Oliveira, Juliana Rosa de
Orientador Barbosa, Maria Carmen Silveira
Data 2014
Nível Graduação
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Educação. Curso de Pedagogia: Licenciatura.
Assunto Bebê
Brincadeira
Educação infantil
Pais
Resumo Este trabalho de conclusão de curso se trata de uma pesquisa qualitativa e tem como recursos: observações participativas, entrevistas e revisão bibliográfica. Com estes instrumentos, o trabalho busca possíveis caminhos para pensar sobre: O que pais e professores pensam sobre o brincar dos bebês? Com as entrevistas pretende-se conhecer as possíveis concepções sobre o que pais e professores pensam a respeito de: “o que é a brincadeira”, “por que se brinca”, “a importância do brincar na vida e no desenvolvimento dos bebês” e “qual o papel dos professores e pais nesse brincar”. A pesquisa foi feita com pais e professores responsáveis pó uma turma de berçário I que atende bebês de 6 a 16 meses de vida em uma escola pública de educação infantil do município de Porto Alegre. Foram entrevistadas sete pessoas: três professoras, dois pais e duas mães. O trabalho fundamenta-se teoricamente, especialmente, em algumas produções de Tânia Ramos Fortuna publicadas nos anos (2005, 2006, 2007, 2011, 2012 e 2013) sobre brincadeira na primeira infância, dentre outros autores como: Abbot (2006), Bassedas (1999), Bondioli (1998), Emiliani (1998), Freyberger (2012), Moyles (2002), Rinaldi (2002), Silva (2012) e Smith (2006). Ainda, analisa as suas concepções da importância do brincar no desenvolvimento social, emocional, cognitivo e motor. Os dados empíricos foram analisados baseados nas concepções e conceitos dos autores relativos à importância do brincar no desenvolvimento. Os resultados indicam que tanto as professoras quanto os pais valorizam a importância da brincadeira na primeira infância e priorizam o brincar nas relações com os bebês. Também fica claro que os sujeitos concordam que a brincadeira desenvolve tanto a mente quanto o corpo. Tal conclusão é afirmada nas ações que os pais e professoras se empenham em proporcionar: momentos de ludicidade, brincando com eles, observando a brincadeira e passeando por lugares ao ar livre.
Tipo Trabalho de conclusão de graduação
URI http://hdl.handle.net/10183/115730
Arquivos Descrição Formato
000965044.pdf (424.9Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.