Repositório Digital

A- A A+

O prestígio na capa : a construção jornalística da figura do editor de livros no suplemento Sabático (2010-2013)

.

O prestígio na capa : a construção jornalística da figura do editor de livros no suplemento Sabático (2010-2013)

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título O prestígio na capa : a construção jornalística da figura do editor de livros no suplemento Sabático (2010-2013)
Autor Müller, Mariana Scalabrin
Orientador Golin, Cida
Data 2015
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Biblioteconomia e Comunicação. Programa de Pós-Graduação em Comunicação e Informação.
Assunto Editor de livros
Jornalismo cultural
O Estado de S. Paulo (Jornal). Sabático
[en] Book editor
[en] Cultural journalism
[en] Cultural supplement
Resumo Esta dissertação busca identificar os índices de prestígio acionados pelo suplemento Sabático (2010-2013) na construção jornalística da figura do editor de livros feita a partir da capa, espaço emblemático de consagração. Baseado em um contrato que tem valor fiduciário, o jornalismo é capaz de legitimar e deslegitimar, conferir visibilidade ou silenciar, formando supostos consensos sobre a cultura de uma época. Os suplementos culturais atuam como um sistema perito, que foge da lógica diária de cobertura. Para atingir os objetivos propostos, reunimos todas edições do Sabático publicadas pelo jornal O Estado de S. Paulo, 160 ao todo, e mapeamos o conteúdo das capas, que resulta em uma panorâmica sobre os principais temas e agentes que ganharam a primeira página do suplemento. Com o aporte da Análise de Conteúdo (AC), delimitamos nosso corpus a seis edições que tiveram na página principal um editor de livros. São eles, em ordem de publicação: Luiz Schwarcz, da Companhia das Letras; Jacó Guinsburg, da Perspectiva; Sergio Machado, da Record; Roberto Feith, da Objetiva; Alexandre e Evandro Martins Fontes, responsáveis, respectivamente, pelas editoras WMF – Martins Fontes e Martins Fontes – Selo Martins; Charles Cosac, da Cosac Naify. O tensionamento com o aporte teórico resultou em três categorias analíticas que respondem, no coletivo, à construção prestigiosa desses editores: Formação, Rede de Relações e Catálogo. Os resultados indicam que o jornalismo praticado pelo Sabático constrói uma figura ideal a respeito desses profissionais, ancorada nos valores solidificados da cultura letrada. Identifica-se, portanto, um consenso proposto sobre os editores de prestígio. São sujeitos que mantêm a herança familiar, têm formação erudita e desenvolvem competências, circulam no ambiente dos negócios, relacionam-se com pessoas e marcas prestigiadas e, por esses motivos, são capazes de escolher os melhores textos para serem transformados em livro.
Abstract The aim of this thesis is to identify prestige indexes used by Sabático cultural supplement (2010-2013) on the journalistic construction of the book editors’ image made from the cover, an emblematic space of recognition. Based on a trust contract of fiduciary value, journalism is capable of legitimizing and delegitimizing, give visibility or hush up, building an alleged consensus over a period's culture. Cultural supplements act as a specialized system, eluding the daily logic of journalistic coverage. To achieve our objectives, we gathered all Sabático's issues published by O Estado de S. Paulo newspaper – a total of 160 –, and charted the covers' contents, obtaining a wide view of the most important themes and agents that have been portrayed on the supplement's first page. Applying Content Analysis (CA) theory, we delimited our corpus to six issues that have book editors on their cover. They are, in order of publishing date: Companhia das Letras's Luiz Schwarcz; Perspectiva's Jacó Guinsburg; Record's Sergio Machado; Objetiva's Roberto Feith; Alexandre and Evandro Martins Fontes, of WMF – Martins Fontes and Martins Fontes, respectively; and Cosac Naify's Charles Cosac. The confrontation with theory resulted in three analytic categories, which are collectively related to the representation of these editors: Education, Networking, and Catalog. The results show that the journalism practiced by Sabático builds an ideal image of these professionals based on established values of cultural literacy. We identify, then, an alleged journalistic consensus around well-known editors. They hold family heritage, have scholarly education and develop competencies, circulate around the business world, engage with prestigious people and brands, and, due to these reasons, are able to choose the best texts to turn into books.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/115734
Arquivos Descrição Formato
000965182.pdf (6.221Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.