Repositório Digital

A- A A+

Autoeducação da classe trabalhadora : limites e possibilidades na formação dos intelectuais na Central dos Trabalhadores e Trabalhadoras do Brasil – CTB

.

Autoeducação da classe trabalhadora : limites e possibilidades na formação dos intelectuais na Central dos Trabalhadores e Trabalhadoras do Brasil – CTB

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Autoeducação da classe trabalhadora : limites e possibilidades na formação dos intelectuais na Central dos Trabalhadores e Trabalhadoras do Brasil – CTB
Autor Pegoraro, Camile
Orientador Machado, Carmen Lúcia Bezerra
Data 2015
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Educação. Programa de Pós-Graduação em Educação.
Assunto Movimento sindical
Trabalhador
[en] Formation of organic intellectuals
[en] Self-education
[en] Trade union movement
Resumo A questão examinada neste trabalho é a concepção de educação que se estabelece no processo de Formação Sindical da Central dos Trabalhadores e Trabalhadoras do Brasil – CTB com a finalidade de contribuir para que o movimento de trabalhadores amplie a sua discussão sobre a educação e sobre a Formação dos seus Intelectuais Orgânicos. Esta Formação assume uma perspectiva de constituição da Autoeducação da classe trabalhadora que possibilite a sua consolidação enquanto movimento revolucionário que pretende a libertação humana. A práxis diária e as condições históricas e sociais são fundamentais para a produção da existência, inclusive para os sujeitos desse trabalho, e se constituem em práticas educativas que, articuladas à Educação Não Escolar, contribuem para a formação de seres sociais que se enxerguem capazes de, na produção da sua própria existência por meio do trabalho e nas lutas sociais, modificarem a sociedade de acordo com os seus interesses de classe. Fundamentamos as análises nos estudos de Marx, Engels, Gramsci, Mészáros, Lukács, Alves, Manacorda e Freire e no conceito de Formação Humana como educação que pode abarcar a totalidade dos sujeitos e auxiliálos na compreensão do seu ser social como essencial para a Emancipação. Este trabalho é um estudo de caso no qual utilizamos dos mais variados instrumentos que auxiliaram na elucidação do problema de pesquisa. A utilização do método dialético permite a análise do problema do ponto de vista da totalidade e a relação contraditória no processo de concepção de formação da Central, analisando entrevistas e observando processos formativos. Como evidência resultante dessa pesquisa, podemos apontar principalmente: 1. A predisposição da CTB em constituirse como espaço educativo que contribui para a elevação da consciência de classe; 2. O processo de formação da CTB possibilita a Formação de Intelectuais Orgânicos, com identidade com o movimento do qual se originaram; 3. A formação da CTB encontrase numa relação dialética entre limites e possibilidades, que pode avançar à uma perspectiva de Autoeducação da classe, desde que articulada à luta contra o capital e pela Emancipação Humana. Esta dissertação contribui para que o movimento de trabalhadores elabore práticas educativas com uma maior vinculação com a sua base, que auxiliem na desburocratização do Movimento Sindical.
Abstract The question examined in this work is the conception of education that is established in the process of union training of the Central Trade Union of Workers of Brazil CTB in order to contribute to the movement of workers improve their discussion about education and with regard to its organic intellectual formation. This training takes a prospect of constitution of SelfEducation of the working class that allows its consolidation as a revolutionary movement to human liberation. The daily practice and historical and social conditions are fundamental to the production of existence, including the subject of this study, and constitute educational practices that articulated to the Non School Education contribute to the formation of social beings which in the production of its own existence, through labor and social struggles, perceive themselves able to modify the society according to their class interests. We based the analysis in studies of Marx, Engels, Gramsci, Mészáros, Lukács, Alves, Manacorda and Freire and in the concept of Human Formation as an education that can encompass the entirety of the subject and to assist them in understanding their social being as essential to emancipation. This work is a case study in which we use various instruments that helped in the elucidation of the research problem. The use of the dialectical method allows the analysis of the problem from the point of view of totality and the contradictory relationship in the design training process of the Central, analyzing interviews and observing training processes. As evidence resulting from this research, we can manly indicate: 1. The predisposition of CTB to constitute itself as an educational space that contributes to the rise of class consciousness; 2. The training process of CTB enables the Formation of Organic Intellectuals, with identity with the movement from which is originated; 3 The formation of CTB is a dialectical relationship between limits and possibilities that can advance the perspective of SelfEducation class, since articulated the struggle against capital and for the Human Emancipation. This essay contributes to the movement of workers develop educational practices with a greater connection with their base, and to assist in the reduction of Trade Union Movement bureaucracy.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/115750
Arquivos Descrição Formato
000964724.pdf (1.378Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.