Repositório Digital

A- A A+

Corpos ubíquos : um estudo etnográfico sobre a construção social dos corpos em Moçambique

.

Corpos ubíquos : um estudo etnográfico sobre a construção social dos corpos em Moçambique

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Corpos ubíquos : um estudo etnográfico sobre a construção social dos corpos em Moçambique
Autor Cossa, Segone Ndangalila
Orientador Leal, Ondina Maria Fachel
Data 2014
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Instituto de Filosofia e Ciências Humanas. Programa de Pós-Graduação em Antropologia Social.
Assunto Estudo etnográfico
Gênero
Moçambique
Mulher
Ritos de iniciação
Sexualidade
[en] Gender
[en] Rites of initiation feminine
[en] Seniority
[en] Sexuality
[en] Ubiquitous bodies
Resumo Em Moçambique, as discussões sobre equidade de gênero e inserção das mulheres no espaço público têm ocupado cada vez mais lugar de destaque na sociedade. Motivados pela democracia (realidade recente) e pelos acordos ratificados pelo governo do país, homens e mulheres de diferentes quadrantes da sociedade desenvolvem estudos de natureza diversa, mostrando que apesar de existir um esforço por parte do governo e seus parceiros, agências multilaterais de desenvolvimento, ONGs e outras instituições da sociedade civil, a emancipação da mulher em diferentes áreas continua aquém das expectativas e dos investimentos empreendidos por estes. Amiudadas vezes os discursos que sustentam tais estudos acabam atribuindo aos preceitos e às práticas culturais “nativas” a responsabilidade pelo insucesso do governo e seus parceiros no combate à desigualdade de gênero, afirmando que tais preceitos e práticas nativas, reproduzem velhas estruturas de poder patriarcal. Esta pesquisa, sobre os ritos de iniciação feminina na região matrilinear do Norte de Moçambique, problematiza e torna complexa a visão que reduz as relações de gênero à dominação masculina. Através de processos endógenos de corporificação da memória e saberes comunitários por parte de mulheres nos ritos de iniciação feminina, a pesquisa mostra como essas mulheres estruturam o seu cosmo circundante, definem papéis sociais, constroem noções sobre corpo e sexualidade, colocando-se, através de saberes e experiências disseminadas nos ritos de iniciação, numa posição onde se afirmam como sujeitos sócio-históricos nas suas comunidades.
Abstract In Mozambique, discussions on gender equity and participation of women in public space have occupied an increasingly prominent place in society. Motivated by democracy (recent reality) and the agreements ratified by the government of the country, men and women from different parts of society develop studies of various kinds, showing that, despite an effort by the government and its partners, multilateral development agencies, NGOs and other institutions of civil society, the emancipation of women in different areas remains below expectations and investments undertaken by them. Too often, the discourses that underpin such studies end up by assigning the precepts and the “native “cultural practices, alleging that such precepts and native practices reproduced old power patriarchal structures. This research on female initiation rites in the matrilineal region of northern Mozambique problematizes the view that reduces gender relations to male denomination, also aiming at looking at in a complex manner. Through endogenous processes of embodiment of community memory and knowledge from the woman side in" female initiation rites”, this research shows how this women structure their surrounding cosmos, define social role, and build notions about their bodies and sexuality, putting themselves, through knowledge and experiences spread in initiation rites, in a position where they stand up for their rights of being as social-historical subjects (individuals) in their communities.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/115768
Arquivos Descrição Formato
000955812.pdf (5.637Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.