Repositório Digital

A- A A+

Os contratos de parceria e a imigração para o Brasil na obra de Friedrich Gerstäcker

.

Os contratos de parceria e a imigração para o Brasil na obra de Friedrich Gerstäcker

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Os contratos de parceria e a imigração para o Brasil na obra de Friedrich Gerstäcker
Autor Webber, Julia Borges
Orientador Guazzelli, Cesar Augusto Barcellos
Data 2014
Nível Graduação
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Instituto de Letras. Curso de História: Licenciatura.
Assunto Brasil
Gerstäcker, Friedrich Ein Parcerie-Vertrag. Erzählung zur Warnung und Belehrung für Auswanderer und ihre Freunde
História e literatura
Imigração
[en] Immigration
[en] Literature
[en] Partinership's contracts
Resumo O trabalho ocupa-se da análise de uma família, os Behrens - e sua trágica vinda ao Brasil – personagens centrais do conto “Ein Parcerie-Vertrag. Erzählung zur Warnung und Belehrung für Auswanderer und ihre Freunde”, (Um contrato de parceria. Conto para a advertência e instrução de emigrantes e sua companhia) de Friedrich Gerstäcker, publicado em 1869, em Leipzig. Nessa obra, o autor trata de um tema polêmico para a época: os contratos de parceria. Em 1850 o governo imperial brasileiro assinou a Lei de Terras, onde ele se retirava do papel de agente do projeto de imigração, deixando essa tarefa com possíveis interessados, os quais seriam os responsáveis pelo desenvolvimento de colônias e arcariam com todas as despesas. A falta de fiscalização e toda a liberdade dada pelo governo abriu margem para que falsos contratos fossem assinados, como foi no caso da família do referido conto; a propaganda, fantasiosa, foi a arma utilizada para atrair tais contratantes. Os futuros colonos deveriam trabalhar até saldar a dívida de acordo com o que fora gasto na viagem, para só então serem homens livres; porém, no conto – isso não ocorreu somente na literatura – a família de Behrens passa longos anos em situação de semiescravidão numa fazenda de café no interior de Minas Gerais. Aproximando literatura a fatos históricos e com base em diversos estudos acadêmicos, em especial o trabalho elaborado pelo centro de estudos históricos e culturais da instituição João Pinheiro (BH, 1992), sabe-se que houve uma colônia criada no interior de Minas Gerais pelo senador Teófilo Otoni, o qual foi responsável direto pelo desenvolvimento da Companhia de Navegação e Comércio do Mucuri, em 1847, política esta que visava o povoamento da região do nordeste mineiro com imigrantes de origem alemã e o desenvolvimento da economia regional. Mesclando Literatura e História, pretende-se com este trabalho, mostrar o quanto essas duas ciências podem ser companheiras no decorrer das pesquisas, e juntas, são capazes de elaborar reconstruções do passado, guardando a memória coletiva, dentro de poucas páginas.
Abstract The paper is an analysis of a family, the Behrens – and their tragicalcoming to Brazil – main characters of the tale “Ein Parcerie-Vertrag. Erzählung zur Warnung und Belehrung für Auswanderer und ihre Freunde” (A partnership contract. Tale for advertising and instruction of emigrants and their company) of Friedrich Gerstäcker, published in 1869, in Leipzig. In this work, the author deals with a polemic topic, considering the time: the partnership contratcs. In 1850, imperial government of Brazil signs the Law of Lands, in which he quited himself from the duty of being an agent of the imigration's project, leaving this task with possibly interested people, who would be responsable for the developement of the colonies and arch with all the expenses. The lack of supervision and all the liberty given by the government allowed fake contratcts to be signed, in the same way as the family of the cited tale; the advertising, fantastical, was the weapon used to attract such contractors. The future colonists should work until they cleared the debt accordingly to what was spent on the trip, and only then, they would be free men; however, in the tale – this did'nt occur only in literature – the Behrens family spend long years in a half-slave situation in a coffee's farm, at countryside of Minas Gerais. Approximating literature to historical facts, and based on several academic studies, specially the paper elaborated by the center of historical and cultural studies of the João Pinheiro Institute (BH, 1992), it's known that there was a colony created at countryside of Minas Gerais by the senator Teófilo Otoni, who was directly responsable for the developement of the Mucuri's Company of Navigation and Commerce, in 1847, in a policy that aimed to populate the northeast of Minas Gerais with imigrants of german ancestry and the developement of regional economy. Mixing Literature and History, this paper intends to show how much these both sciences can be fellows as the researches advance, and together, they are capable of creating reconstructions of the past, preserving the collective memory, within a few pages.2.
Tipo Trabalho de conclusão de graduação
URI http://hdl.handle.net/10183/115804
Arquivos Descrição Formato
000965051.pdf (566.6Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.