Repositório Digital

A- A A+

Juventude e comportamento político : uma análise comparativa entre duas escolas de Porto Alegre

.

Juventude e comportamento político : uma análise comparativa entre duas escolas de Porto Alegre

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Juventude e comportamento político : uma análise comparativa entre duas escolas de Porto Alegre
Autor Fürstenau, Brenda Bianca Rodrigues Jesse
Orientador González, Rodrigo Stumpf
Data 2014
Nível Graduação
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Instituto de Filosofia e Ciências Humanas. Curso de Ciências Sociais: Licenciatura.
Assunto Escola
Formação política
Jovens
Política
Socialização política
[en] Democracy
[en] Education
[en] Education
[en] Politics
[en] Socialization
Resumo A experiência democrática no Brasil é relativamente recente. O país viveu 21 anos de ditadura militar e há apenas 25 anos os eleitores do país podem eleger diretamente todos os seus representantes. Entretanto, ainda existe muito o que ser discutido em política, especialmente no que se refere ao processo de socialização política, que pode ser definido como a formação da identidade social do indivíduo e está relacionado com as crenças desenvolvidas em relação à política e às instituições. Este trabalho tem por objetivo comparar o comportamento dos jovens com relação à política, para verificar as diferenças de socialização política de adolescentes. Para isso foram entrevistados, através de instrumento de pesquisa tipo survey realizadas com alunos de terceiro ano de ensino médio, do turno da manhã em duas escolas de Porto Alegre, uma com histórico em participação política e localizada próxima à zona central da cidade e outra localizada na zona norte da capital. O papel das aulas de Sociologia no processo de socialização política também é discutido, levando em consideração que a escola é uma agência de socialização política secundária e que as instituições de ensino podem ser espaços para a troca de ideias e conhecimento nesse assunto, se houver planejamento e preparo.
Abstract The democratic experience in Brazil is relatively recent. The country went through 21 years of military dictatorship and there are only 25 years the country's voters can directly elect all representatives. However, there is still much to be discussed in politics, especially in relation to the political socialization process, which can be defined as the formation of the social identity of the individual and is related to the beliefs developed in relation to politics and institutions. This study aims to compare the behavior of high school students in relation to politics, in order to verify the differences in political socialization of adolescents. To achieve this objective were interviewed third-year high school students in two schools of Porto Alegre, one of them with history in political participation, and located close to the downtown area and the other located in the northern area of the capital, using survey research. The role of Sociology classes in political socialization process is also discussed, since the school is a secondary political socialization agency and educational institutions can be spaces for the exchange of ideas and knowledge.
Tipo Trabalho de conclusão de graduação
URI http://hdl.handle.net/10183/115849
Arquivos Descrição Formato
000954319.pdf (345.5Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.