Repositório Digital

A- A A+

Do Programa Agita São Paulo ao Programa Academia da Saúde : programas públicos envolvedo práticas corporais/atividade física para a promoção da saúde

.

Do Programa Agita São Paulo ao Programa Academia da Saúde : programas públicos envolvedo práticas corporais/atividade física para a promoção da saúde

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Do Programa Agita São Paulo ao Programa Academia da Saúde : programas públicos envolvedo práticas corporais/atividade física para a promoção da saúde
Autor Skowronski, Marcelo
Orientador Fraga, Alex Branco
Data 2014
Nível Graduação
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Escola de Educação Física. Curso de Educação Física: Bacharelado.
Assunto Academias de ginástica
Políticas públicas
Resumo A utilização das práticas corporais/atividade física para a promoção da saúde podem ser tratadas como ferramentas em diversos programas e iniciativas desenvolvidas em âmbito federal, através do Ministério da Saúde e também pelos municípios. Este estudo compreende uma revisão de literatura sobre alguns destes programas, com destaque para os de maior relevância nacional como o Programa Agita São Paulo, os Programas Academia da Cidade, as Academias da Terceira Idade e o Programa Academia da Saúde. Aborda as principais características e direcionamentos adotados por tais propostas em diferentes momentos históricos, desde 1996 com o lançamento do Agita São Paulo até o ano de 2011 com a implantação do Programa Academia da Saúde. Tal proposta visa suprir algumas demandas em relação aos referidos programas, oriundas de uma pesquisa stricto senso que buscava compreender os saberes mobilizados pelos profissionais de Educação Física no Programa Academia da Saúde e que não foram contempladas na dissertação de mestrado intitulada “Educação Física e Saúde: a mobilização de saberes para atuação nos polos de academia da saúde no Brasil” (SKOWRONSKI, 2014). Neste Trabalho de Conclusão de Curso, o objetivo central é apresentar/descrever/analisar as principais características dos programas de promoção de práticas corporais/atividade física implantados no Brasil. Foram realizados levantamentos bibliográficos nas bases de dados eletrônicos melhor classificadas no Qualis CAPES, além de buscas na Biblioteca Digital Brasileira de Teses e Dissertações. Os programas apresentam lógicas de intervenção diferentes, uns mais voltados à difusão de informações sobre atividade física e saúde e outros direcionados à produção do cuidado numa perspectiva coletiva de promoção da saúde por meio de práticas corporais/atividade física. Há um predomínio de produções acadêmicas com enfoque voltado para a avaliação nutricional, do estado de saúde dos usuários e outros buscando analisar a efetividade destes programas. Estudos envolvendo o trabalho profissional nestes espaços, em especial de profissionais de educação física também são encontrados, mas em menor proporção.
Tipo Trabalho de conclusão de graduação
URI http://hdl.handle.net/10183/116102
Arquivos Descrição Formato
000964675.pdf (1.017Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.