Repositório Digital

A- A A+

Fallon fox : um corpo queer no octógono

.

Fallon fox : um corpo queer no octógono

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Fallon fox : um corpo queer no octógono
Outro título Fallon fox : un cuerpo queer en el octógono
Outro título Fallon fox : a queer body in the octagon
Autor Grespan, Carla Lisboa
Goellner, Silvana Vilodre
Resumo Fundamentado nos estudos de gênero e na teorização queer, este texto analisa a inserção de Fallon Fox como atleta profissional do Mixed Martial Arts, mais especificamente, a luta contra Allanna Jones nas semifinais do Championship Fighting Alliance. Para tanto, analisa 510 comentários postados em três artefatos culturais específicos de lutas, buscando apreender os discursos que seus usuários produziram sobre a participação de uma atleta transgênero. Da análise dos dados empíricos, foi possível identificar que os argumentos utilizados para justificar o caráter impróprio da disputa estavam assentados em duas perspectivas: a utilização de discursos jurídicos e médicos para atestar a vantagem de Fallon Fox sobre sua oponente e a transfobia, entendida como a aversão ou repulsa a pessoas trans.
Resumen Fundamentado en los estudios de género y en la teorización queer, este texto analiza la inserción de Fallon Fox como atleta profesional del Mixed Martial Arts, más específicamente la lucha contra Allanna Jones en las semifinales Championship Fighting Alliance. Por lo tanto, analiza 510 comentarios publicados en tres artefactos culturales específicos de luchas, buscando aprehender los discursos que sus usuarios produjeron sobre la participación de una atleta transgénero. Del análisis de los datos empíricos, fue posible identificar que los argumentos utilizados para justificar el carácter impropio de la disputa estaban establecidos en dos perspectivas: la utilización de discursos jurídicos y médicos para certificar la ventaja de Fallon Fox sobre su oponente y la transfobia, entendida como la aversión o repulsión a las personas trans.
Abstract Based in gender studies and queer theory, this paper analyzes the inclusion of Fallon Fox as a professional athlete at Mixed Martial Arts, more specifically, her fight against Allanna Jones in the semifinals of the Championship Fighting Alliance. It examines 510 comments posted on three specific cultural artifacts related to fighting sports, seeking to understand the discourses that its users produced about the participation of a transgender athlete. From the analysis of empirical data, we found that the arguments used to justify the improper nature of the contest were based in two perspectives: the use of legal and medical discourses to attest the advantage of Fallon Fox over her opponent and transphobia, understood as aversion or repulsion to trans people.
Contido em Movimento, Porto Alegre, RS. Vol. 20, n. 4 ( out./dez. de 2014), p. 1265-1282
Assunto Artes marciais
Atletas
Identidade de gênero
[en] Athletes
[en] Mixed martial arts
[en] Transgender
[es] Artes marciales Mixtas
[es] Transgénero
Origem Nacional
Tipo Artigo de periódico
URI http://hdl.handle.net/10183/116117
Arquivos Descrição Formato
000954901.pdf (420.6Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.