Repositório Digital

A- A A+

Nível de atividade física em pacientes adultos com fibrose cística e suas relações com características nutricionais, clínicas e de função pulmonar

.

Nível de atividade física em pacientes adultos com fibrose cística e suas relações com características nutricionais, clínicas e de função pulmonar

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Nível de atividade física em pacientes adultos com fibrose cística e suas relações com características nutricionais, clínicas e de função pulmonar
Autor Cherobin, Inaê Angélica
Orientador Dalcin, Paulo de Tarso Roth
Data 2014
Nível Graduação
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Escola de Educação Física. Curso de Educação Física: Bacharelado.
Assunto Fibrose cística
Treinamento aerobico
Resumo Introdução: Nos pacientes com fibrose cística (FC), a doença pulmonar é a principal responsável pela morbidade e mortalidade. Sendo a evolução da doença associada a prejuízos da função pulmonar, a distúrbios metabólicos, à desnutrição, a alterações musculoesqueléticas e à diminuição da capacidade funcional. Objetivo: Identificar o nível de atividade física, através do questionário internacional de atividade física (IPAQ), em pacientes adultos com FC, comparando-os com indivíduos saudáveis do grupo controle (GC). Métodos: Para a verificação do nível de atividade física, foi utilizado o Questionário Internacional de Atividade Física (IPAQ) e, para comparações complementares entre os grupos FC (GFC) e GC foram utilizados o teste de caminhada de 6 minutos (TC6M) e uma Ficha de Coleta de Dados Gerais. Resultados: Participaram do estudo 31 indivíduos no GFC (11 do sexo masculino e 20 do sexo feminino) e 31 indivíduos GC. A média idade foi 25,6 anos no GFC e 26,1 anos no GC. O GFC apresentou valores significativamente mais baixos de IMC, parâmetros de função pulmonar, nível de atividade física, distância percorrida no TC6M e saturação periférica de oxigênio (SpO2). Comparando os pacientes através ponto de corte 500m, não houve diferenças estatisticamente significativas na classificação do nível de atividade física avaliada pelo questionário IPAQ. Nos pacientes com FC que caminharam abaixo de 500m, observaram-se valores significativamente menores de pico de fluxo expiratório (PFE), PFE(%), SpO2 após TC6M e distância percorrida no TC6M (DTC6M). Conclusão: Este estudo demonstrou que indivíduos com FC praticam atividade física com intensidades mais baixas que indivíduos do GC quando comparados pelo IPAQ, possivelmente associado aos níveis mais baixos de função pulmonar, IMC e TC6M.
Abstract Introduction: In patients with cystic fibrosis (CF) lung disease is the main cause for morbidity and mortality. Being associated with the evolution of damage in lung function disease, metabolic disorders, malnutrition, a musculoskeletal abnormalities and decreased functional capacity. Objective: To identify the level of physical activity through the international physical activity questionnaire (IPAQ) in adult CF patients and compared them with healthy control subjects (CG). Methods: To check the level of physical activity, we used the International Physical Activity Questionnaire (IPAQ) and for further comparisons between FC (GFC) and GC groups, the 6-minute walk test (6MWT) was used and a test sheet Collection General Data. Results: The study included 31 subjects in the GFC (11 males and 20 females) and 31 subjects GC. The mean age was 25.6 years and 26.1 years in the GFC in GC. The GFC had significantly lower BMI, pulmonary function parameters, physical activity level, distance covered in the 6MWT and peripheral oxygen saturation (SpO2). Comparing patients using a cutoff 500m, there were no statistically significant differences in the classification of the level of physical activity assessed by IPAQ. In patients with CF who walked below 500m, we observed significantly lower peak expiratory flow (PEF) values, PEF (%), SpO2 and after 6MWT distance walked in the 6MWT (DTC6M). Conclusion: This study demonstrated that individuals with CF engage in physical activity at lower intensities than individuals in the CG compared by IPAQ, possibly associated with lower levels of lung function, BMI and 6MWD.
Tipo Trabalho de conclusão de graduação
URI http://hdl.handle.net/10183/116146
Arquivos Descrição Formato
000964901.pdf (696.1Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.