Repositório Digital

A- A A+

Avaliação da multiplicação de Bacillus thuringiensis no leite UHT por meio de modelagem matemática e microbiologia preditiva

.

Avaliação da multiplicação de Bacillus thuringiensis no leite UHT por meio de modelagem matemática e microbiologia preditiva

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Avaliação da multiplicação de Bacillus thuringiensis no leite UHT por meio de modelagem matemática e microbiologia preditiva
Autor Perini, Fabiana Oliveira
Orientador Tondo, Eduardo Cesar
Co-orientador Elias, Susana de Oliveira
Data 2014
Nível Graduação
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Instituto de Ciências e Tecnologia de Alimentos. Curso de Engenharia de Alimentos.
Assunto Bacillus thuringiensis
Leite UHT
Microbiologia preditiva
Modelo matemático
Resumo Resumo: Bacillus spp. são bactérias esporuladas, as quais têm a capacidade de resistir a tratamentos com temperaturas elevadas e frequentemente estão envolvidas em surtos alimentares. Bacillus thuringiensis é uma bactéria pertencente a esse grupo comumente utilizada no controle de pragas da agricultura, contudo já foi responsável por Doenças Transmitidas por Alimentos (DTA) O presente traballho teve por objetivo analisar a multiplicação de uma cepa de B. thuringiensis advinda de uma contaminação de leite UHT, utilizando modelagem matemática e microbiologia preditiva. A cepa de B. thuringiensis foi artificialmente inoculada em leite UHT e armazenada a 26°C. Pelo programa ComBase DMFit construiu-se uma curva de multiplicação que resultou em um coeficiente de determinação (R2) de 0,9901 e um erro quadrático médio (RMSE) de 0,1989. Os resultados demonstraram que a multiplicação de B. thuringiensis em leite UHT alcançou uma concentração de 107 log UFC/mL em aproximadamente 15 horas. A fase lag desta multiplição durou um período de 6 horas, o que significa que esta bactéria se desenvolve bem em leite UHT. O modelo obtido experimentalmente foi comparado com uma curva obtida pelo ComBase predictor para Bacillus spp, e observou-se que os parâmetros cinéticos foram semelhantes. Isto significa que a cepa de B. thuringiensis analisada apresentou modelo de multiplicação similar ao gênero Bacillus spp. como referenciado em diversos estudos. Por fim, o modelo obtido experimentalmente foi compatível com os modelos preditos, podendo ser utilizado no estudo da multiplicação do B. thuringiensis em leite UHT.
Tipo Trabalho de conclusão de graduação
URI http://hdl.handle.net/10183/116228
Arquivos Descrição Formato
000964455.pdf (875.8Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.