Repositório Digital

A- A A+

Matriciamento em saúde mental na fronteira oeste do Rio Grande do Sul

.

Matriciamento em saúde mental na fronteira oeste do Rio Grande do Sul

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Matriciamento em saúde mental na fronteira oeste do Rio Grande do Sul
Outro título Matricial mental health in the border west of the Rio Grande do Sul
Autor Duarte, Maria de Lourdes Custódio
Silveira, Diênice Beltran
Oliveira, Moroni Correa de
Resumo O matriciamento parte da integração da atenção primária com a saúde mental, no qual propõem o envolvimento de uma equipe multidisciplinar a fim de construir intervenções terapêuticas aos usuários no seu próprio território. O presente artigo relata a experiência do matriciamento realizado a partir de uma disciplina de Saúde Mental pelos acadêmicos do curso de enfermagem da Universidade Federal do Pampa. Essa experiência ocorreu nos meses de julho e agosto de 2013, em parceria com o Centro de Atenção Psicossocial e uma Unidade Básica de Saúde do município de Uruguaiana mediante visitas domiciliares e discussões de caso. Ao longo desse processo foi possível estabelecer o vínculo com os usuários em sofrimento mental e suas famílias, realizar intervenções e orientações sobre o processo saúde/doença e capacitar a equipe da atenção básica para esse atendimento. Conclui-se que a experiência do estágio foi de grande importância para os acadêmicos, usuários, familiares e profissionais, contribuindo para que os casos de saúde mental sejam atendidos no próprio território, evitando, assim, encaminhamentos desnecessários.
Abstract The matricial part of the integration of primary care with mental health , which suggest the involvement of a multidisciplinary team to build therapeutic interventions users in their own territory. This paper reports the experience of matricial conducted from a discipline of Mental Health II by students of Nursing, Federal University of Pampa. This experience has occurred in the months of July and August 2013, in partnership with the Center for Psychosocial Care and Basic Health Unit in the city of Uruguayana through home visits and case discussions. Throughout this process it was possible to establish the link with users in mental distress and their families, interventions and guidelines on the health/disease process and train the team of primary care for this care. We conclude that the placement experience was of great importance for academics, users, families and professionals contributing to the mental health cases are treated in that territory, thus avoiding unnecessary referrals.
Contido em Revista contexto & saúde: revista do Departamento de Ciências da Saúde. Ijui. Vol. 14, n. 26 (jan./jun. 2014), p. 48-52
Assunto Saúde mental
Serviços de saúde
Visita domiciliar : Saúde mental
[en] Healthcare
[en] Home visit
[en] Mental health
[en] Teaching
Origem Nacional
Tipo Artigo de periódico
URI http://hdl.handle.net/10183/116239
Arquivos Descrição Formato
000965156.pdf (242.3Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.