Repositório Digital

A- A A+

Ensaios abertos : estudo sobre a gestão econômica da criatividade em ambientes organizacionais de orquestras no contexto da economia criativa

.

Ensaios abertos : estudo sobre a gestão econômica da criatividade em ambientes organizacionais de orquestras no contexto da economia criativa

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Ensaios abertos : estudo sobre a gestão econômica da criatividade em ambientes organizacionais de orquestras no contexto da economia criativa
Autor Karpowicz, Alexandre Prinzler
Orientador Garcia, Sandro Ruduit
Data 2014
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Instituto de Filosofia e Ciências Humanas. Programa de Pós-Graduação em Sociologia.
Assunto Ambiente organizacional
Criatividade
Gestão econômica
Orquestra
Sociologia econômica
[en] Creativity
[en] Economic sociology
[en] Music market
[en] Orchestras
Resumo O tema central desta dissertação refere-se às formas organizacionais no contexto da chamada economia criativa, explorando-se mais especificamente o que ocorre em relação aos músicos de orquestra na cidade de Porto Alegre. A proposta ampara-se na abordagem da sociologia econômica, tentando-se apreender as relações entre organizações burocráticas e criatividade dos agentes, em meio às novas interações entre artes, tecnologia e mercado nos processos econômicos atuais. Trata-se, pois, de reconhecer características do ambiente organizacional que favoreçam ou obstaculizem a criatividade. A investigação acha motivação na constatação de que a valorização de bens, produtos e serviços da economia criativa, a partir dos anos 2000, configura uma importante mudança no que tange a nova orientação produtiva das economias mundiais, mediante novas interfaces entre artes – tecnologia – mercado. Para a realização da coleta dos dados empíricos, foram entrevistados músicos, maestros e gestores culturais, de duas orquestras da cidade de Porto Alegre, respectivamente uma orquestra pública e uma orquestra privada. Como principais resultados obtidos pelo estudo, destaca-se que o contexto de expansão da economia criativa tenderia estimular o surgimento de novas condições tecnológicas e de mercado da música, inclusive no segmento de orquestras, requerendo uma nova configuração organizacional e o desenvolvimento de novas habilidades pelos agentes. O estudo aponta também para a possibilidade de choque entre as crenças e valores institucionais, não constituindo necessariamente em uma limitação a manifestação da criatividade nas organizações pesquisadas. Por fim, o processo de gestão da música erudita evidencia traços de uma nova etapa de racionalização em suas dinâmicas, tendo em vista a complexidade de fatores de ordem social e institucional que constituem os processos de criação dos agentes.
Abstract The central theme of this dissertation refers to the organizational forms in the context of creative economy, more specifically what happens in relation to orchestral musicians in Porto Alegre city. The proposal sustains itself in the economic sociology approach, trying to grasp the relationship between bureaucratic organizations and agents’ creativity inside the new interactions among art, technology and market in the current economic processes. That is, to recognize characteristics of the organizational environment favoring or hindering creativity. The research has motivation in noting that the valuation of goods, products and services of the creative economy from the 2000s, an important change regarding the new production guidance of world economies through new interfaces among arts - technology - market. In order to achieve the empirical data collection, musicians, maestros and cultural managers from two orchestras of Porto Alegre city were interviewed, respectively, public and private ones. The main results obtained by the study are emphasized that the context of expanding creative economy would tend to stimulate the arising of new technological conditions and musical market, including orchestral segment, requiring a new organizational configuration and new skills development by agents. The study also points to the possibility of an impact between institutional values and beliefs; it does not necessarily constitute a restriction to the expression of creativity in the surveyed organizations. Finally, the process of erudite music management shows features of a new step rationalization in its dynamics, in view of the factors complexity from social and institutional orders which constitute the processes of agents’ creation.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/116473
Arquivos Descrição Formato
000965072.pdf (2.137Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.