Repositório Digital

A- A A+

Cultura política democrática no Brasil : uma análise do capital social nos governos Lula e Dilma

.

Cultura política democrática no Brasil : uma análise do capital social nos governos Lula e Dilma

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Cultura política democrática no Brasil : uma análise do capital social nos governos Lula e Dilma
Autor Fürstenau, Rolf Jesse
Orientador González, Rodrigo Stumpf
Data 2014
Nível Graduação
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Instituto de Letras. Curso de Ciências Sociais: Licenciatura.
Assunto Capital social
Cultura política
Democracia
Socialização política
[en] Democracy
[en] Political cultura
[en] Political socialization
[en] Social capital
Resumo Após um período de ditadura militar o Brasil passou a ser considerado um país democrático pelo fato de possuir instituições formais consolidadas e eleições diretas. Porém, a participação da população na política ainda é muito reduzida. A constatação de que a análise institucional é insuficiente para se avaliar a qualidade de uma democracia levou ao estabelecimento de todo um campo de pesquisa focado na cultura política, de onde vem a base teórica deste trabalho. Para analisar a cultura política brasileira esta pesquisa se fundamentou na teoria do capital social, principalmente na noção de comunidade cívica desenvolvida por Robert David Putnam. A partir dos dados das pesquisas de opinião do World Values Survey realizadas nos anos de 2006 e 2014 buscou-se avaliar o capital social da juventude, em comparação com os mais velhos, e o impacto da escolaridade na formação de atitudes cívicas. Constatou-se que idade e grau de instrução impactam de forma importante as atitudes dos entrevistados. Com relação à escolaridade, conclui-se que, de modo geral, quanto maior o grau de instrução, maior tende a ser o capital social. Na comparação entre 2006 e 2014 constatou-se que houve retrocesso no capital social brasileiro.
Abstract After a period of military dictatorship, Brazil started to consider itself a democratic country because of the existence of formal institutions and direct elections. However, public participation in politics is still very low. The finding that institutional analysis is insufficient to assess the quality of a democracy led to the establishment of an entire research field focused on the political culture, hence the theoretical basis of this work. To analyze Brazilian political culture this research is based on the social capital theory, especially in the concept of civic community as developed by Robert David Putnam. Using the World Values Survey data from 2006 and 2014 we sought to assess the social capital of youth, compared to the older ones, and the impact of education in the formation of civic attitudes. It was found that age and educational level significantly impact the attitudes of respondents. As to education, it is concluded that, in general, the higher the education level, the greater will be the social capital. In the comparison between 2006 and 2014 it was found that there was a decline in the Brazilian social capital.
Tipo Trabalho de conclusão de graduação
URI http://hdl.handle.net/10183/116482
Arquivos Descrição Formato
000965388.pdf (277.9Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.