Repositório Digital

A- A A+

Avaliação do desempenho mecânico de concretos confeccionados com agregados graúdos de resíduos de concreto branco de alto desempenho com fibras

.

Avaliação do desempenho mecânico de concretos confeccionados com agregados graúdos de resíduos de concreto branco de alto desempenho com fibras

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Avaliação do desempenho mecânico de concretos confeccionados com agregados graúdos de resíduos de concreto branco de alto desempenho com fibras
Autor Zitto, Ingrid
Orientador Masuero, Angela Borges
Co-orientador Silva, Cristina Vitorino da
Data 2014
Nível Graduação
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Escola de Engenharia. Curso de Engenharia Civil.
Assunto Engenharia civil
Resumo A sustentabilidade tem sido alvo de preocupação nos mais diversos setores da sociedade. Na construção civil um dos itens mais impactantes ambientalmente são os resíduos de construção e demolição (RCD). Esses resíduos são provenientes de reformas, demolições, reparos, falta de racionalização, entre outros. A fim de diminuir o impacto causado por esse tipo de resíduo estão sendo realizados diversos estudos propondo a utilização do RCD como agregado para novos concretos, de forma que tenham desempenho semelhante aos concretos que utilizam agregados naturais. Sabe-se, porém, que o uso destes resíduos em concretos ainda é bastante restrito. Com o intuito de incentivar o uso desses materiais, desenvolveu-se este trabalho, no qual investigou-se o uso de um resíduo resultante da confecção de peças de concreto branco de alto desempenho com fibras (RECOFI) como agregado graúdo em concretos. Para tanto, avaliou-se quatro teores de substituição do agregado, em 0, 25, 50 e 75%, em três traços, um rico (1:3,5), um intermediário (1:5,0) e um pobre (1:6,5). Foram realizados ensaios de resistência à compressão uniaxial, resistência à tração por compressão diametral e módulo de elasticidade, a fim de analisar a interferência dos parâmetros definidos nas propriedades mecânicas dos concretos estudados. Concluiu-se que todos os concretos com traço 1:3,5 utilizando esse resíduo como agregado graúdo, alcançaram resistências à compressão uniaxial maiores que o concreto referência, apresentando, para este caso, um acréscimo de 11,61% na resistência. Quanto a resistência à tração por compressão diametral percebeu-se que não há um padrão comportamental para o teor de 75% em relação aos demais teores e, na maioria dos concretos, verificou-se um decréscimo da resistência em relação ao referência, chegando a uma diferença máxima de 28,17%. Já, em relação ao módulo de elasticidade foi possível observar, para os teores de substituição de 25, 50 e 75%, valores inferiores ao referência. A diferença entre o menor e o maior valor de módulo caracteriza uma redução aproximada de 25%.
Tipo Trabalho de conclusão de graduação
URI http://hdl.handle.net/10183/116710
Arquivos Descrição Formato
000964373.pdf (1.862Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.