Repositório Digital

A- A A+

Transtorno de estresse agudo : um estudo sobre as características de personalidade e estilos defensivos em pacientes vítimas de trauma físico

.

Transtorno de estresse agudo : um estudo sobre as características de personalidade e estilos defensivos em pacientes vítimas de trauma físico

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Transtorno de estresse agudo : um estudo sobre as características de personalidade e estilos defensivos em pacientes vítimas de trauma físico
Autor Santana, Márcia Rosane Moreira
Orientador Freitas, Lucia Helena Machado
Co-orientador Hutz, Claudio Simon
Data 2015
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Medicina. Programa de Pós-Graduação em Ciências Médicas: Psiquiatria.
Assunto Mecanismos de defesa
Personalidade
Transtornos de estresse traumático agudo
[en] Acute stress disorder
[en] Defense mechanisms
[en] Personality
Resumo O Transtorno de Estresse Agudo (TEA) reúne o conjunto dos sintomas presentes nos indivíduos diante exposição a um evento traumático. A maneira como os indivíduos enfrentam os acontecimentos da vida está relacionada a vários fatores como as características de personalidade e ao estilo defensivo, ambos com uma importante influência no momento pós-trauma. O objetivo desta investigação foi pesquisar as caracteristicas de personalidade e o estilo defensivo em pacientes que sofreram trauma físico e desenvolveram TEA. O delinemeanto utilizado foi um estudo transversal controlado. A amostra foi por conveniência, composta por 18 pacientes com TEA e 42 pacientes sem TEA que sofreram trauma físico e necessitaram de internação em um Hospital referência em trauma em Porto Alegre, Rio Grande do Sul, Brasil. Os instrumentos utilizados foram um questionário estruturado, entrevista clínica, questionário de nível sócio econômico (NSE), questionário de Estilo Defensivo (DSQ), Bateria Fatorial de Peronalidade (BFP) e “The Mini-International Neuropsychiatric Interview” (M.I.N.I.). Resultados: Os dois grupos apresentarm uma distribuição homogênea em relação às variáveis clínicas e demográficas. Indivíduos com TEA apresentaram médias elevadas no fator de Neuroticismo da Bateria Fatorial de Personalidade, bem como nas sub-facetas de vulnerabilidade, instabilidade emocional e depressão. Em relação aos mecanismos defensivos foi demonstrado que a projeção, a agressão passiva, a atuação, o deslocamento, a cisão e a somatização podem estar relacionados a uma maior chance para o desenvolvimento de transtorno de estresse agudo em vítimas de trauma físico. Nesta amostra, os pacientes que desenvolveram transtorno de estresse agudo utilizaram mecanismos de defesas mais primitivos quando comparados aos indivíduos que não desenvolveram TEA. Além disso, são pessoas mais instáveis emocionalmente, apresentando um padrão de comportamento negativo em relação aos eventos cotidianos.
Abstract The Acute Stress Disorder (ASD) covers all the symptoms present in individuals before exposure to a traumatic event. The way individuals face the events of life is related to several factors such as personality characteristics and defensive style, both with an important influence in the post traumatic moment. The purpose of this research is to investigate the personality characteristics and defensive style in patients who have suffered physical trauma and developed ASD. The delimitation used was a controlled cross-sectional study. A convenience sample was used, consisting of 18 patients with ASD and 42 healthy who have suffered physical trauma and required admission to a referral hospital in trauma in Porto Alegre, Rio Grande do Sul, Brazil. The instruments used were a structured questionnaire, clinical interview, questionnaire (NSE), Defensive Style Questionnaire (DSQ), Factorial Personality Battery (BFP) and The Mini-International Neuropsychiatric Interview (MINI). Results: The two groups presented a homogeneous distribution in relation to clinical and demographic variables. Individuals with ASD had a high average in Neuroticism factor of Personality Factor Battery and the vulnerability of sub-facets, emotional instability and depression. In relation to the defensive mechanisms it has been shown that the projection, passive aggression, acting, displacement, division and somatization may be related to a greater chance for the development of acute stress disorder in physical trauma. In this sample, patients who developed acute stress disorder used more primitive defense mechanisms when compared to the patients without acute stress disorder. Besides that, they are more emotionally unstable people, having a negative pattern of behavior in relation to the daily events.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/116790
Arquivos Descrição Formato
000964610.pdf (170.3Kb) Texto parcial Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.