Repositório Digital

A- A A+

Terrestrial isopods (Crustacea: Oniscidea) in termite nests (Blattodea: Termitidae) in a cocoa plantation in Brazil

.

Terrestrial isopods (Crustacea: Oniscidea) in termite nests (Blattodea: Termitidae) in a cocoa plantation in Brazil

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Terrestrial isopods (Crustacea: Oniscidea) in termite nests (Blattodea: Termitidae) in a cocoa plantation in Brazil
Outro título Isópodos terrestres (Crustacea: Isopoda: Oniscidea) em ninhos de térmitas (Blattodea: Termitidae) em uma plantação de cacau no Brasil
Autor Lisboa, Jonathas Teixeira
Couto, Erminda da Conceição Guerreiro
Santos, Pollyanna Pereira
Delabie, Jacques Hubert Charles
Araujo, Paula Beatriz de
Abstract Various animals live in termite nests as secondary occupants. Among them are terrestrial isopods. We found five species of terrestrial isopods (Oniscidea) in 17 of 34 termite nests of Nasutitermes in a cocoa plantation near Ilhéus, Bahia, Brazil (in 2 aging and 15 abandoned nests). The 14 active, 1 aging and 2 abandoned nests bore no isopods. The oniscideans were Atlantoscia rubromarginata, an undescribed species of Atlantoscia (Philosciidae), Pudeoniscus birabeni, P. obscurus (Pudeoniscidae) and Neotroponiscus carolii (Bathytropidae). Of the 146 individuals collected, 122 were A. rubromarginata. Due to the absence of isopods in active nests, these terrestrial isopods are considered termitariophilous.
Resumo Diversos animais, incluindo isópodos terrestres, vivem em ninhos de térmites como ocupantes secundários. Neste trabalho, foram registradas cinco espécies de isópodos terrestres (Oniscidea) em 17 de 34 ninhos de Nasutitermes estudados em uma plantação de cacau situada próxima a Ilhéus, Bahia, Brasil. Destes ninhos, dois eram decadentes e 15 abandonados. Catorze ninhos ativos, um decadente e dois abandonados não apresentaram isópodos. Foram registrados os oniscídeos Atlantoscia rubromarginata, uma espécie não identificada de Atlantoscia (Philosciidae), Pudeoniscus birabeni, P. obscurus (Pudeoniscidae) e Neotroponiscus carolii (Bathytropidae). Foram coletados 146 indivíduos, dos quais 122 pertenciam à espécie A. rubromarginata. Devido à ausência de isópodos em ninhos ativos, estes foram considerados termitariófilos.
Contido em Biota Neotropica. Vol. 13, n. 3 (2013), p. 393-397
Assunto Atlantoscia
Isopodos terrestres
Nasutitermes
Termitariophilous
Origem Nacional
Tipo Artigo de periódico
URI http://hdl.handle.net/10183/116918
Arquivos Descrição Formato
000944795.pdf (738.5Kb) Texto completo (inglês) Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.