Repositório Digital

A- A A+

Análise da associação entre a cobertura da vacina contra hepatite B em crianças aos 18 meses de idade e os tipos de serviços de saúde em Porto Alegre

.

Análise da associação entre a cobertura da vacina contra hepatite B em crianças aos 18 meses de idade e os tipos de serviços de saúde em Porto Alegre

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Análise da associação entre a cobertura da vacina contra hepatite B em crianças aos 18 meses de idade e os tipos de serviços de saúde em Porto Alegre
Autor Périco, Lisiane Andreia Devinar
Orientador Mengue, Sotero Serrate
Data 2011
Nível Mestrado profissional
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Medicina. Programa de Pós-Graduação em Epidemiologia.
Assunto Acesso aos serviços de saúde
Atenção primária à saúde
Cobertura vacinal
Condições sociais
Distribuição espacial da população
Hepatite B
[en] Health services accessibility
[en] Hepatitis B
[en] Immunization coverage
[en] Residence characteristics
[en] Social conditions
Resumo As hepatites virais são grave problema no Brasil e a vacina é eficaz para a sua prevenção. O Inquérito de Cobertura Vacinal nas Áreas Urbanas das Capitais dos Estados do Brasil (2007) identificou em Porto Alegre cobertura vacinal contra hepatite B de 87,4 %, abaixo da recomendação. A vacinação na cidade está inserida em serviços com diferentes vínculos institucionais. Este estudo ecológico, subanálise do Inquérito de Cobertura Vacinal nas Áreas Urbanas das Capitais dos Estados do Brasil, objetiva analisar a distribuição espacial das coberturas da vacina contra hepatite B, sua associação com diferentes tipos e utilização de serviços de saúde em Porto Alegre. A cobertura vacinal não obteve diferenças significativas entre os diferentes estratos sociais; a utilização de um mesmo serviço para vacinação, realização das últimas vacinas em serviço público, utilização de serviço privado e utilização exclusiva de serviços privados para vacinação obtiveram diferenças significativas entre os diferentes estratos sociais.
Abstract Viral hepatitis is a major concern in Brazil and its vaccine is effective in its prevention. The Survey of Vaccine Coverage in the Urban Areas of the State Capitals of Brazil (2007) identified that in Porto Alegre, State of Rio Grande do Sul, the hepatitis B vaccine coverage was 87.4% lower than the recommended values. In this city, vaccination is part of services with different institutional links. The present ecological study, a subanalysis of the Survey of Vaccine Coverage in the Urban Areas of the State Capitals of Brazil, has the objective to analyze the spatial distribution of hepatitis B vaccine coverage; its relationship to different types of healthcare services and the use of healthcare services in Porto Alegre. The vaccine coverage did not differ significantly between the different social strata. The use of the same vaccination service, the performance of the last vaccines in public service, the use of private service and the exclusive use of private services for vaccination significantly differed among the different social strata.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/117138
Arquivos Descrição Formato
000822535.pdf (3.276Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.