Repositório Digital

A- A A+

Atitudes e práticas de cirurgiões-dentistas em relação à terapia implantar e sua aplicação

.

Atitudes e práticas de cirurgiões-dentistas em relação à terapia implantar e sua aplicação

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Atitudes e práticas de cirurgiões-dentistas em relação à terapia implantar e sua aplicação
Outro título Attitudes and clinical practices of dentists towards implant treatment
Autor Junges, Roger
Orientador Rösing, Cassiano Kuchenbecker
Data 2012
Nível Graduação
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Odontologia. Curso de Odontologia.
Assunto Implantacao : Dentes
[en] Dental implantation
[en] Evidence-based dentistry
[en] Questionnaires
Resumo Modalidades terapêuticas para dentes com comprometimento periodontal incluem abordagens conservadoras e cirúrgicas, confecção de próteses dentárias e a extração seguida da colocação de um implante dentário. O objetivo do presente estudo foi avaliar a tomada de decisão de cirurgiões-dentistas brasileiros acerca da indicação da terapia implantar bem como possíveis fatores modificadores. O estudo teve caráter transversal e foi conduzido entre cirurgiões-dentistas brasileiros no período de junho a novembro de 2012. O instrumento conteve 27 questões divididas em quatro diferentes seções abordando características sociodemográficas, questões sobre o exercício profissional, a tomada de decisão frente a casos clínicos e a concordância ou não com diferentes afirmações acerca das terapias endodôntica, periodontal e implantar. Um total de 155 dentistas responderam o questionário. A idade média dos participantes foi 35,5 anos. Cinquenta e um por cento da amostra foi composta por homens e 44,5% relataram ser professores. Cento e trinta e seis (87,7%) participantes afirmaram já ter realizado ou estar realizando algum curso de pós-graduação. Homens relataram realizar mais procedimentos de inserção de implantes e aumento de seio maxilar. Consequentemente, os mesmos indicavam tais tratamentos de forma mais frequente quando comparados a mulheres. Professores de forma geral e dentistas que não haviam realizado nenhum curso de pós-graduação indicaram o uso de terapias regenerativas com maior frequência. De forma contrária, periodontistas e dentistas que não estavam envolvidos com cargos de docência preferiram a indicação de terapia ressectiva para o mesmo caso. Protesistas apresentaram uma preferência por procedimentos mais invasivos. Frente às dificuldades encontradas por cirurgiões-dentistas bem como a falta de uniformidade presente em suas opções terapêuticas, faz-se necessária a criação de protocolos e diretrizes que venham a auxiliar o clínico na tomada de decisão em casos complexos.
Abstract Periodontally involved teeth require attention and comprehensive treatment for reestablishment of good health conditions. Therapeutic modalities include conservative and surgical periodontal approaches, confection of dental prostheses and extraction followed by dental implant insertion. The aim of the present study was to evaluate Brazilian dentists’ decision making regarding periodontally involved teeth and implant therapy indications as well as possible modifying factors such as gender, enrollment in teaching positions and specialization areas. This cross-sectional questionnaire-based study was conducted among Brazilian dentists between June and November 2012. The questionnaire comprised 27 questions divided into four different sections: socio-demographic characteristics, questions about their clinical practice towards implant therapy, decision making in four clinical cases and agreement with different statements regarding endodontic, periodontal and implant therapies. A total of 155 dentists answered the questionnaire. The average age of the participants was 35.5 years. Fifty one percent were male and 44.5% were involved in teaching positions. One-hundred and thirty six (87.7%) respondents had already pursued a post-graduation programme or were currently involved in one. Men performed more implant placement and sinus grafting procedures than women; consequently they also indicated it more to their patients. Dental faculty and dentists who had not followed any further training programme more often preferred the use of regenerative therapies. As opposed, dentists not involved in teaching positions and periodontists were more prone to select resective therapies. Prosthodontists had a preference for more invasive treatments. Considering the difficulties faced by professionals when handling complex cases, there is an urgent need to establish international protocols and guidelines to help the clinician towards the more appropriate treatment option.
Tipo Trabalho de conclusão de graduação
URI http://hdl.handle.net/10183/117141
Arquivos Descrição Formato
000900062.pdf (447.1Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.