Repositório Digital

A- A A+

Relações entre características psicológicas positivas e o desempenho profissional

.

Relações entre características psicológicas positivas e o desempenho profissional

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Relações entre características psicológicas positivas e o desempenho profissional
Autor Lucas, Lívia Lopes
Orientador Hutz, Claudio Simon
Data 2012
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Instituto de Psicologia. Programa de Pós-Graduação em Psicologia.
Assunto Avaliação de desempenho
Criatividade
Desempenho no trabalho
Esperanca
Otimismo
[en] Creativity
[en] Hope
[en] Optimism
[en] Work performance
Resumo O objetivo deste estudo foi verificar as relações entre as variáveis criatividade, esperança e otimismo e o desempenho profissional. Foram participantes 194 funcionários de seis empresas privadas, que trabalhavam em funções de atendimento ao público, além de seus respectivos supervisores. Utilizaram-se dois questionários, um destinado aos funcionários e outro aos supervisores. No instrumento para os funcionários havia questões sociodemográficas (sexo, idade, escolaridade, tempo na empresa, salário), uma escala para aferir esperança, uma escala para otimismo, uma escala de cinco fatores para criatividade no trabalho, e uma escala para avaliação de sete dimensões do desempenho. No questionário para os supervisores havia a escala para avaliação do desempenho, em que eles deveriam avaliar os seus subordinados. A dimensão da criatividade denominada Pensamento Flexível – principalmente na sua faceta “Soluções e Efeitos” – apresentou relações positivas com o desempenho profissional, tanto na visão dos supervisores quanto na visão dos funcionários. A esperança também se relacionou de modo positivo, porém apenas para o desempenho autoavaliado. A capacidade de ponderar as soluções, suas consequências e opções de implementação, além da habilidade em estabelecer metas e rotas para atingi-las, mostraram-se características preponderantes no desempenho. Os resultados reforçam a importância do estímulo ao potencial criativo dos funcionários para a conquista de resultados esperados.
Abstract The aim of this study was to verify the relationships among the variables creativity, hope and optimism and work performance. Were participants 194 employees of six private companies, who worked in the costumer service functions, as well as their respective supervisors. Were used two questionnaires, one for employees and other supervisors. In the instrument for employees there were socio-demographic issues (gender, age, schooling, time in business, salary); a scale for measuring the hope, a scale for optimism, a scale of five factors for creativity at work, and a scale for evaluation of seven dimensions of performance. In the questionnaire for supervisors had to scale to evaluate the performance, they should assess their subordinates. The dimension of creativity called Flexible Thinking – mainly in his facet "solutions and effects" – presented positive relations with the professional performance, both in view of supervisors and employees ' vision. Hope also was related positively, but only for the self-evaluation performance. The ability to consider the consequences, solutions and implementation options, plus the ability to set goals and to achieve them, proved compelling characteristics on performance. The results reinforce the importance of stimulating the creative potential of employees for the achievement of expected results.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/117257
Arquivos Descrição Formato
000866480.pdf (332.1Kb) Texto parcial Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.