Repositório Digital

A- A A+

Prevenção e manejo não farmacológico da dor no recém-nascido

.

Prevenção e manejo não farmacológico da dor no recém-nascido

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Prevenção e manejo não farmacológico da dor no recém-nascido
Outro título Prevention and non-pharmacological management of pain in newborns
Outro título Prevención y manejo no farmacológico del dolor en recién nacidos
Autor Motta, Giordana de Cássia Pinheiro da
Cunha, Maria Luzia Chollopetz da
Resumo Objetivo: apresentar os principais métodos não farmacológicos de alívio da dor no recém-nascido disponíveis para utilização na Unidade de Tratamento Intensivo Neonatal. Método: pesquisa bibliográfi ca do tipo exploratória nas bases de dados online MEDLINE, LILACS e SciELO, no período de 2004 a 2013. Resultados: uma variedade de intervenções não farmacológicas se mostra efetiva, apresentando baixo risco para os neonatos e baixo custo operacional, sendo as mais discutidas na literatura: uso de glicose/sacarose via oral, sucção não nutritiva, amamentação, contato pele a pele, contenção facilitada e enrolamento. Conclusão: é importante que a equipe de saúde conheça os métodos para melhor utilizá-los no dia a dia da Unidade de Tratamento Intensivo Neonatal, garantindo um cuidado qualifi cado e humanizado ao recém-nascido.
Abstract Objective: to describe the main non-pharmacological interventions for pain relief in newborns available in Neonatal Intensive Care Unit. Method: an exploratory search of the MedLine, Lilacs and Scielo online databases was conducted to retrieve references of studies published from 2004 to 2013. Results: several non-pharmacological interventions were shown to be effective, to represent low risk for neonates and to have a low operational cost. The ones most often discussed in the literature were: oral administration of glucose/sucrose, non-nutritive sucking, breastfeeding, skin-to-skin contact, facilitated tucking and swaddling. Conclusion: healthcare teams should be familiar with these methods and use them more effectively in Neonatal Intensive Care Unit daily routines, so as to ensure that newborns receive qualifi ed and more human care.
Resumen Objetivo: presentar los principales métodos no farmacológicos de alivio del dolor en el recién nacido disponibles para uso en la Unidad de Cuidado Intensivo Neonatal. Método: investigación bibliográfi ca del tipo exploratoria en las bases de datos online MEDLINE, LILACS y SciELO, en el período de 2004 a 2013. Resultados: una variedad de intervenciones no farmacológicas se muestra efectiva, presentando bajo riesgo para los neonatos y bajo costo operacional, siendo las más discutidas en la literatura: uso de glucosa/sacarosa vía oral, succión no nutritiva, amamantamiento, contacto piel a piel, contención facilitada y envolverlo. Conclusión: es importante que el equipo de salud conozca los métodos para utilizarlos mejor en el día a día de la Unidad de Cuidado Intensivo Neonatal, garantizando un cuidado cualifi cado y humanizado al recién nacido.
Contido em Revista brasileira de enfermagem. Vol. 68, n. 1 (jan./fev. 2015), p. 131-5
Assunto Dor
Humanização da assistência
Manejo da dor
Recém-nascido
[en] Newborn infant
[en] Pain
[en] Pain management
[es] Dolor
[es] Manejo del dolor
[es] Recién nacido
Origem Nacional
Tipo Artigo de periódico
URI http://hdl.handle.net/10183/117307
Arquivos Descrição Formato
000966524.pdf (490.7Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.