Repositório Digital

A- A A+

A popularização da ciência a partir da análise do Programa "Ciência na Sociedade Ciência na Escola" desenvolvido pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul

.

A popularização da ciência a partir da análise do Programa "Ciência na Sociedade Ciência na Escola" desenvolvido pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título A popularização da ciência a partir da análise do Programa "Ciência na Sociedade Ciência na Escola" desenvolvido pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Autor Baptista, Vanise
Orientador Wyse, Angela Terezinha de Souza
Data 2015
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Instituto de Ciências Básicas da Saúde. Programa de Pós-Graduação em Educação em Ciências: Química da Vida e Saúde.
Assunto Divulgação científica
Ensino de ciências
Escola
Universidade
[en] Popularization of science
[en] Science communication
[en] Society
Resumo Este estudo de caso tem o objetivo de analisar a trajetória do Programa “Ciência na Sociedade Ciência na Escola” no período de 2009 a 2013. O Programa nasceu a partir do incentivo dado pelo Ministério de Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI) em seu Departamento de Popularização e Difusão da Ciência (DDP), através do Plano de Ação 2004/2007 que apresentou as linhas mestras para as ações norteadoras de popularização da ciência no Brasil demonstrando a intenção de agregar este tema à política governamental. Nesta perspectiva de participar da divulgação científica em consonância com as necessidades apontadas pelo MCTI e por muitos pesquisadores, a Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), através de sua Pró-Reitoria de Pesquisa, criou o Programa “Ciência na Sociedade Ciência na Escola”, o qual é o objeto deste trabalho que é apresentado sob uma abordagem quantitativa, em análise documental dos registros de dados relacionados ao Programa, e qualitativa, a partir da análise de conteúdo de 05 entrevistas com docentes orientadores de projetos vinculados ao Programa. Os resultados demonstraram que o Programa consolidou-se mantendo crescimento contínuo, porém com certo desequilíbrio entre as áreas e enfoques. Também se observou que os docentes têm interesse em levar o conhecimento científico para a sociedade, interagindo com qualidade e coerência apesar de certa resistência entre seus pares. A Universidade com sua iniciativa gerou 212 ações de popularização da ciência entre 2009 e 2013 que vinculam pesquisa, ensino e extensão em um olhar em espiral dentro da divulgação científica, onde temas relevantes para a sociedade, que são amplamente estudados no âmbito universitário, puderam ser levados para espaços além-muros, em um exercício contínuo entre universidade, ciência e sociedade.
Abstract This case study aims to analyze the Program "Science in Society Science in School" trajectory along the period 2009-2013. This Program was born from the incentive given by Ministry of Science, Technology and Innovation (MCTI) in the Department of Popularization and Dissemination of Science (DDP) – 2004-2007 Action Plan, which presented action guidelines towards popularization of science in Brazil, demonstrating intention of aggregating this theme to the governmental policy. Under the perspective of participating in scientific divulgation aligned with needs identified by MCTI and by several researchers, Federal University of Rio Grande do Sul (UFRGS), via Pro-Rectory of Research, has created the program "Science in Society Science in School ", which is the object of this work. It is presented under a quantitative approach, in document analysis of data records related to the Program, and qualitative approach from content analysis of interviews carried out with five faculty advisors of projects linked to the Program. Results have demonstrated that this Program has consolidated maintaining continuous growth, but with some imbalance between areas and approaches. It was also noticed that professors are interested in bringing scientific knowledge to society, interacting with quality and consistency despite some resistance among their peers. The University, by its initiative generated 212 actions for dissemination of science between 2009 and 2013 which link research, education and extension in a “spiral sight” into science communication, where topics relevant to society, which are widely studied in the university, could be brought out to spaces beyond the walls, in a continuous exercise between universities, science and society.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/117621
Arquivos Descrição Formato
000967285.pdf (577.5Kb) Texto parcial Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.