Repositório Digital

A- A A+

Uso de conectividade florestal e aplicação da legislação ambiental para o planejamento da conservação de remanescentes da Mata Atlântica em área de uso agrícola

.

Uso de conectividade florestal e aplicação da legislação ambiental para o planejamento da conservação de remanescentes da Mata Atlântica em área de uso agrícola

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Uso de conectividade florestal e aplicação da legislação ambiental para o planejamento da conservação de remanescentes da Mata Atlântica em área de uso agrícola
Autor Gerhardt, Juliana
Orientador Becker, Fernando Gertum
Data 2014
Nível Graduação
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Instituto de Biociências. Curso de Ciências Biológicas: Bacharelado.
Assunto Ecologia de paisagem
Legislação ambiental
Recuperação florestal
Resumo A legislação ambiental tem papel essencial na conservação do meio ambiente e no desenvolvimento sustentável, mas para que efetivamente ocorra, deve-se pensar em estratégias que compatibilizem a preservação das florestas e demais recursos ambientais, com o desenvolvimento das atividades agropecuárias. Uma das ferramentas utilizadas para restauração e conservação é o aumento da conectividade da paisagem, permitindo o restabelecimento dos fluxos entre seus elementos. A partir de uma típica paisagem de uso agrícola no vale do Taquari realizou-se um diagnóstico da conformidade da área estudada em relação a Áreas de Preservação Permanente e de Reserva Legal, segundo definidas pela Lei nº 12.651/2012, que dispõe sobre a proteção da vegetação nativa. Estimou-se a importância dos remanescentes florestais para manutenção da conectividade entre os fragmentos florestais da região estudada e por último foram propostas estratégias para planejar a preservação dos remanescentes. Os resultados demonstraram uma diminuição da área florestal conservada (AFC) total em comparação com o antigo Código Florestal (Lei 4.771/65), sobretudo quando a área foi fracionada. Uma diminuição das áreas florestais totais a recuperar e as diferenças nos locais onde deve ocorrer a recuperação de remanescentes (dentro e fora da APP) quando comparadas as propriedades. Quanto à análise de conectividade, esta evidenciou quais eram os locais com maior potencial para a aplicação de mecanismos de restauração florestal adequados para o incremento dos remanescentes existentes ou a criação de novos.
Tipo Trabalho de conclusão de graduação
URI http://hdl.handle.net/10183/117647
Arquivos Descrição Formato
000968198.pdf (1.714Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.