Repositório Digital

A- A A+

Jovens de periferia e arte de construir a si mesmo : experiências de amizade, dança e morte

.

Jovens de periferia e arte de construir a si mesmo : experiências de amizade, dança e morte

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Jovens de periferia e arte de construir a si mesmo : experiências de amizade, dança e morte
Autor Amaral, Márcio de Freitas do
Orientador Fischer, Rosa Maria Bueno
Data 2015
Nível Doutorado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Educação. Programa de Pós-Graduação em Educação.
Assunto Amizade
Dança
Juventude
Periferia
[en] Care of self
[en] Death
[en] Hip hop culture
[en] Outskirts’s youth
[en] Pedagogical practices
[en] Praxis of self
Resumo Esta tese trata das práticas de “cuidado de si” de jovens de uma região de periferia de Porto Alegre (RS), os quais enfrentam uma série de restrições e violências que marcam a sua condição juvenil. Participantes de um grupo de dança de rua associado à cultura hip hop (o grupo Restinga Crew) esses jovens encontram em suas práticas artísticas e de amizade um conjunto de elementos que acabam por ressignificar suas biografias. Fundamentada em estudos de Michel Foucault, especialmente aqueles relativos ao tema da “hermenêutica do sujeito”, a tese analisa as formas contemporâneas que o “cuidado de si” pode assumir, no processo de constituição de sujeitos jovens, a partir de práticas que dizem respeito ao estabelecimento de uma particular “relação consigo”. O levantamento de dados (ocorrido no período de 2012 a 2013) consistiu em um trabalho de inspiração etnográfica, com o acompanhamento, a observação e o registro de cenas cotidianas individuais e coletivas na periferia, bem como de situações de ensaios, treinos e apresentações do grupo de dança; constam dos dados, igualmente, as narrativas individuais, nascidas do encontro do pesquisador com alguns dos jovens. O estudo tem como foco de análise três planos constitutivos da experiência de vida desses indivíduos, e que se relacionam com os modos de viver em uma periferia, a partir dos quais foi possível chegar a algumas conclusões. Em primeiro lugar, o plano da amizade (de caráter político), que se refere aos vínculos desenvolvidos com os pares, às redes de sociabilidade e solidariedade, por meio dos quais os jovens pesquisados evidenciam a criação de novas formas de lidar com o social e o público. Em segundo lugar, o plano da dança (de caráter tecnológico), o qual compreende a prática artística, e que aparece meio de produzir efeitos de mudança de si para si mesmo; trata-se de uma “técnica de si” que articula não somente um trabalho sobre si mesmo, mas também a construção de uma identidade como dançarino, a produzir reconhecimento e visibilidade. Finalmente, o plano da morte (de caráter ontológico), referido às opções de vida desses jovens, as quais mostram-se atreladas à possibilidade radical de encontrar um fim iminente (devido à sua condição social); essas escolhas alteram as maneiras de cada um conduzir-se, principalmente quanto aos modos de operarem com o tempo, nas suas trajetórias individuais. Implicados entre si, os três planos constituem matéria da experiência de vida 16 desses jovens, resultando em modos de ser e relacionar-se consigo e com o outro, e em formas de viver no social e na cultura. Nas conclusões, dá-se destaque à singularidade das práticas pedagógicas produzidas pelos jovens nesse contexto de arte e amizade, e que estão relacionadas a um conjunto de saberes e processos vivenciados nas trajetórias dos integrantes do grupo.
Abstract These thesis will adress the praxis that the care of itself in a group of Young people in the suburb of Porto Alegre (RS), in wich their juvenile condition faces a various form of violence and restriction. Participants of a hip hop dancing group (The Restinga Crew), find in their artistic practices and in their friendships elements that can reframe their biographys. Based in studies of Michel Foucault, especially those related to the “hermeneutics of the subject”, the thesis analise the contemporary mode of the “care of self” may assume in the youth’s constituition process, deriving out of practices that stablishes a peculiar relationship with oneself. The data collection (ocurred in the period of 2012 to 2013) consisted in a a work of etnographic inspiration, with accompaniment, monitoring and record of the individual and collective everyday scenes, on the outskirt, as well as the dancing group's rehearsal and performance; the data also included the individual narrative, that were recorded in the meetings between the researcher with some of the components of the group. These academic work focus in the analises in three constituent plans of the experience of life of these young people, that correlates with the way of life in the suburb, from wich it has some conclusions. First of all, in the friendship plan (in a political caracther), regarding the connection between their pairs, the sociability and solidarity network, in wich the interviewed demonstrate the criation of new ways that they can handle with social and public lifes. The second, the dancing plan (in a technological caracther), contained in the artistic practice, and are used as a way in wich they can change themselves; consisted in "techniques of the self" that articulates not only a effort of oneself, as also the construction of a dancing identidy, that can produce recognition and visibility. Third of all, the death plan (in a ontological caracther), that interconnects with the life's choices, choices that can be directly responsable to a tragic end of their life (considering their social condition); those choices that change the way they behave, especially related to the way they operate with the time that are given, in their individual path. In these three plans involved lie the life experience of these 18 young people, resulting in ways of being and relating to oneself and with the other, in action of living culturally and socially. Finally, in the conclusions, it enphasis the singularity of the pedagogic practices produced by these young people in the art and friendship context, and that are related to some knowledge and process that are lived by these young peoples's path.
Tipo Tese
URI http://hdl.handle.net/10183/117820
Arquivos Descrição Formato
000968707.pdf (3.212Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.