Repositório Digital

A- A A+

Differential item functioning in the Beck depression inventory

.

Differential item functioning in the Beck depression inventory

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Differential item functioning in the Beck depression inventory
Outro título Funcionamento diferencial do item no inventário de depressão Beck
Autor Castro, Stela Maris de Jezus
Cúri, Mariana
Torman, Vanessa Bielefeldt Leotti
Riboldi, João
Abstract Introduction: There are several studies showing the presence of Differential Item Functioning (DIF) in some items of the Beck Depression Inventory (BDI), when comparing men and women. The presence of a large number of items with DIF in BDI is a severe threat to the validity of measurement of the intensity of depressive symptoms obtained by Item Response Theory (IRT) and to the conclusions based on the scores derived from the items with or without DIF. Objective: The objectives of this study were to identify these items from the BDI, adjust the IRT model for embarrassing items (model 2), which accommodates items with the presence of DIF, and compare these results with the fit of the traditional two-parameter logistic IRT model (model 1). Methods: The results obtained with the both models were compared. Results: Items with DIF were: sadness, feeling of failure, dissatisfaction, guilty, punishment, crying, fatigability and loss of libido. The results of the adjustment of the two models are similar in discrimination, gravity (except for items with DIF), and in the calculation of scores for individuals. Nevertheless, model 2 is beneficial because it shows the differences in gravity of depressive symptoms for groups evaluated, thus providing more information to the researcher on the study population. Conclusion: This model, which has a broader scope in terms of target population, may be a good alternative to the identification and follow-up of individuals with potential depression.
Resumo Introdução: Diversos estudos mostram o Funcionamento Diferencial do Item (DIF) em itens do Inventário de Depressão Beck (BDI), ao compararem homens e mulheres. A presença de um grande número de itens com DIF no BDI é uma severa ameaça à validade da medida da intensidade de sintomas depressivos obtida pela Teoria da Resposta ao Item (TRI) e às conclusões baseadas nos escores derivados dos itens com e sem DIF. Objetivo: Os objetivos deste estudo foram identificar esses itens do BDI, ajustar o modelo de TRI para itens constrangedores (modelo 2), o qual acomoda itens com a presença de DIF, e comparar esses resultados com os do ajuste do modelo logístico de dois parâmetros tradicional da TRI (modelo 1). Métodos: Os resultados obtidos com ambos os modelos foram comparados. Resultados: Os itens que apresentaram DIF foram: tristeza, sentimento de fracasso, insatisfações, culpa, punição, choro, fatigabilidade e perda da libido. Os resultados do ajuste dos dois modelos são similares quanto à discriminação, gravidade (à exceção dos itens com DIF) e no cálculo de escores para os indivíduos. Apesar disso, o modelo 2 é vantajoso, pois mostra as diferenças em gravidade do sintoma depressivo para os grupos avaliados, trazendo, dessa forma, mais informação ao pesquisador sobre a população estudada. Conclusão: Esse modelo, que tem um alcance mais amplo em termos de população-alvo, pode ser uma ótima alternativa na identificação e acompanhamento de indivíduos com potencial depressivo.
Contido em Revista brasileira de epidemiologia. São Paulo. Vol. 18, no.1 (mar. 2015), p. 54-67
Assunto Estatística aplicada
Estatística médica
[en] Beck depression inventory
[en] Differential item functioning
[en] Intensity of depressive symptoms
[en] IRT model for embarrassing items
[en] Item response theory
[en] Latent trait
Origem Nacional
Tipo Artigo de periódico
URI http://hdl.handle.net/10183/118037
Arquivos Descrição Formato
000954215.pdf (1.152Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.