Repositório Digital

A- A A+

Dietary patterns and hypertension : a populationbased study with women from Southern Brazil

.

Dietary patterns and hypertension : a populationbased study with women from Southern Brazil

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Dietary patterns and hypertension : a populationbased study with women from Southern Brazil
Outro título Padrões alimentares e hipertensão arterial : um estudo de base populacional com mulheres do Sul do Brasil
Outro título Patrón alimentario e hipertensión : un estudio basado en la población de mujeres del sur de Brasil
Autor Silva, Bianca Del Ponte da
Neutzling, Marilda Borges
Camey, Suzi Alves
Olinto, Maria Teresa Anselmo
Abstract This study investigated the association between dietary pattern and hypertension using the rank reduced regression (RRR). It was a cross-sectional population-based study with a representative sample of 1,026 women living in the city of São Leopoldo, Rio Grande do Sul State, Brazil. In order to identify dietary patterns, dietary variables from a dietary frequency questionnaire were used as predictors and sodium, potassium and saturated fat consumption were selected as response variables. The RRR identified three dietary patterns: factor 1, factor 2 and factor 3. The association between hypertension and factors 1, 2 and 3, after adjustment for socio-demographic, behavioral and obesity variables, was not significant. After stratification by age, the association between hypertension and factor 2 was present in 40-60 year-old women (tertile 2 compared to 3 RP = 0.62, 95%CI: 0.43-0.91; p = 0,05). The new statistical method (RRR), proved to be a useful tool for identifying dietary patterns. In this study, healthier dietary pattern was directly associated with hypertension in women between 40 and 60 years of age.
Resumo O estudo investigou a associação entre os padrões alimentares, obtidos usando-se a regressão de posto reduzido (RRR), e hipertensão arterial. Foi um estudo transversal de base populacional com 1.026 mulheres residentes na cidade de São Leopoldo, Rio Grande do Sul, Brasil. Para a identificação dos padrões alimentares foram utilizadas como preditores as variáveis alimentares de um questionário de frequência alimentar e como variáveis respostas o consumo de sódio, potássio e gordura. Foram identificados três padrões alimentares: o Fator 1, o Fator 2, e o Fator 3. Em uma análise ajustada para fatores sociodemográficos, comportamentais e obesidade não houve associação entre a hipertensão e os padrões alimentares. Em uma análise estratificada para idade, houve associação entre hipertensão e o Fator 2 nas mulheres com 40 anos ou mais (tercil 2 comparado ao 3 RP = 0.62; IC95%: 0.43-0.91; p = 0,050). O método estatístico (RRR), mostrouse uma ferramenta útil para a identificação de padrões alimentares. Neste estudo, o padrão alimentar saudável esteve diretamente associado à hipertensão nas mulheres entre 40 e 60 anos.
Contido em Cadernos de saúde pública. Rio de Janeiro. Vol. 30, n. 5 (maio 2014), p. 961-971
Assunto Comportamento alimentar
Estudos transversais
Hipertensão
Mulheres
Origem Nacional
Tipo Artigo de periódico
URI http://hdl.handle.net/10183/118054
Arquivos Descrição Formato
000965513.pdf (102.1Kb) Texto completo (inglês) Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.