Repositório Digital

A- A A+

Alterações cardiocirculatórias em cães com hiperadrenocorticismo

.

Alterações cardiocirculatórias em cães com hiperadrenocorticismo

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Alterações cardiocirculatórias em cães com hiperadrenocorticismo
Autor Soares, Frederico Aécio Carvalho
Orientador Diaz Gonzalez, Félix Hilário
Data 2015
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Veterinária. Programa de Pós-Graduação em Ciências Veterinárias.
Assunto Ecocardiograma Doppler
Hiperadrenocorticismo
Pressão arterial
Síndrome de Cushing : Diagnóstico
Troponina I
[en] Cardiology
Resumo O hiperadrenocorticismo (HAC) é uma das endocrinopatias mais comumente atendidas na rotina médica de cães e causa uma série de complicações sistêmicas. O objetivo do presente estudo foi identificar alterações cardiocirculatórias em cães com hiperadrenocorticismo no momento do diagnóstico. Além disso, avaliar se tais alterações são controladas com o tratamento da doença, correlacionar anormalidades cardiovasculares com parâmetros bioquímicos e hematológicos, contribuir para a compreensão e tratamento do HAC canino. Cães com diagnóstico de HAC foram submetidos a eletrocardiograma, ecodopplercardiograma, aferição de pressão arterial sistólica e análises sanguíneas. As anormalidades cardiovasculares mais comumente observadas nos cães foram elevação de pressão arterial moderada a severa, aumento da concentração sérica de troponina I e alterações ecocardiográficas relacionadas ao ventrículo esquerdo. Dentre todos os parâmetros comparados no momento do diagnóstico e após um período de tratamento clínico, apenas as alterações bioquímicas evidenciaram melhora significativa. O presente estudo conclui que cães com HAC devem ser submetidos a um controle adequado da pressão arterial e que as anormalidades causadas pelo hipercortisolismo podem levar a um remodelamento cardíaco associado à elevação da concentração sérica de troponina I.
Abstract The hyperadrenocorticism (HAC) is one of the most common endocrine diseases at the routine of canine medicine and causes a series of systemic complications. The aim of the study was to identify cardiovascular changes in dogs with hyperadrenocorticism at diagnosis. In addition, to assess wheter such changes are controlled with the treatment of the disease, to correlate cardiovascular abnormalities with biochemical and hematological parameters, and to contribute to the understanding and treatment of canine HAC. Dogs with HAC diagnosis underwent electrocardiography, echocardiography, systolic blood pressure measurement and blood tests. The most common cardiovascular abnormalities in dogs were moderate to severe blood pressure elevation, elevated serum troponin I concentration and echocardiographic changes related to left ventricle. Among all the parameters compared at the time of diagnosis and after a period of clinical treatment, only biochemical changes showed significant improvement. The present study concludes that dogs with HAC must be subjected to an adequate control of blood pressure and that the abnormalities caused by hypercortisolism may lead to a cardiac remodeling associated with increased serum concentration of troponin I.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/118291
Arquivos Descrição Formato
000969106.pdf (355.1Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.