Repositório Digital

A- A A+

Qualidade fisiológica de sementes de guabijuzeiro (Myrcianthes pungens (Berg) Legrand – Myrtaceae) em armazenamento

.

Qualidade fisiológica de sementes de guabijuzeiro (Myrcianthes pungens (Berg) Legrand – Myrtaceae) em armazenamento

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Qualidade fisiológica de sementes de guabijuzeiro (Myrcianthes pungens (Berg) Legrand – Myrtaceae) em armazenamento
Outro título Physiological quality of guabijuzeiro (Myrcianthes pungens (Berg) Legrand – MYRTACEAE) seeds under storage
Autor Fior, Claudimar Sidnei
Rodrigues, Lia Rosane
Calil, Anaíse Costa
Leonhardt, Cristina
Souza, Luana dos Santos de
Silva, Vanessa Savian da
Resumo O guabijuzeiro ocorre no Brasil desde São Paulo até o Rio Grande do Sul. Suas sementes são de curta longevidade e intolerantes à dessecação. O objetivo deste trabalho foi avaliar a qualidade fisiológica de sementes de guabijuzeiro ao longo de oito meses de armazenamento em câmara fria (5±1 ºC e 80% UR). Sementes de seis diferentes plantas localizadas os Municípios de Encruzilhada do Sul e Cachoeira do Sul, no Rio Grande do Sul, constituíram seis lotes, que foram avaliados quanto ao teor de água, à massa de mil sementes, à germinação, ao tempo médio de germinação em laboratório, à emergência e ao tempo médio de emergência em casa de vegetação. Até o terceiro mês de armazenamento, a viabilidade das sementes foi superior a 50%, porém três lotes apresentaram valores acima de 75%. Ao longo do período de armazenamento ocorreu pequena variação no teor de água (entre 40 e 45%), e as sementes de todos os lotes perderam qualidade. Contudo, aos oito meses foram registradas viabilidades entre 56% e 61% em sementes de dois lotes, mostrando que, em ambiente de câmara fria, é possível prolongar a longevidade de sementes de guabijuzeiro
Abstract Guabijuzeiro is a woody plant and occurs in Brazil, from the states of São Paulo until Rio Grande do Sul. Guabijuzeiro seeds are susceptible to dissection and present short longevity. The aim of this wotk was to evaluate the physiological quality of seeds throughout the course of eight months under cold chamber storage (5±1 ºC and 80% RM). Seeds collected from six different plants, from Encruzilhada do Sul and Cachoeira do Sul districts in the state of Rio Grande do Sul, were evaluated in relation to moisture content, mass of 1000 seeds, germination, mean time to germination, emergence and mean time to emergence. Until the third month of storage, viability was higher than 50% and seeds from three progenies presented viability up to 75%. Low variation in moisture content (40 to 45%) was recorded during storage. The quality of the seeds from all origins decreased under storage, however after eight months, 56 to 61% of the seeds from two progenies remained viable. Thus, it is possible to extend longevity of guabijuzeiro seeds by means of cold chamber storage
Contido em Revista Árvore, Viçosa. Vol. 34, n. 3 (maio/jun. 2010), p. 435-442
Assunto Germinação
Guabiju
Qualidade
Semente
[en] Myrcianthes pungens
[en] Seeds and germination
Origem Nacional
Tipo Artigo de periódico
URI http://hdl.handle.net/10183/118318
Arquivos Descrição Formato
000948775.pdf (310.3Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.