Repositório Digital

A- A A+

Evolução do uso do solo em uma área piloto da região de Vacaria, RS

.

Evolução do uso do solo em uma área piloto da região de Vacaria, RS

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Evolução do uso do solo em uma área piloto da região de Vacaria, RS
Outro título Evolution of land use in a pilot area in the region of Vacaria, RS
Autor Lopes, Fabíola
Mielniczuk, Joao
Bortolon, Elisandra Solange Oliveira
Tornquist, Carlos Gustavo
Resumo A região dos Campos de Cima da Serra, RS foi ocupada, tradicionalmente, pela pecuária extensiva, porém nos anos 50 se iniciou a transição de campo nativo para a agricultura empresarial, mecanizada com culturas anuais e pomares. Este trabalho avaliou, por meio de técnicas de sensoriamento remoto, as modificações na cobertura do solo decorrentes de atividades antrópicas verificadas nesta época até os dias atuais, em uma área piloto ao norte envolvendo parte da zona urbana de Vacaria, RS. A década de 60 a ocupação da terra foi identificada através da interpretação de aerofotos datadas de 1964. A partir de 1972 foram utilizadas imagens LANDSAT – sensor MSS, datadas de 1976 e sensor – TM, datadas de 1987 e 1996, e Eros A de 2005, todas classificadas em mapas temáticos que, após cruzados, geraram o mapa de evolução da cobertura do solo, desde o início da agricultura até os dias atuais. Constatou-se que de 1960 até 2005 aproximadamente 40% do campo nativo foram convertidos em agricultura. A conversão de campo nativo para os outros usos foi, em média, de 1,4 km2 ano-1 no período de 1960 a 1995 e de 0,7 km2 ano-1 de 1996 a 2005. As áreas ocupadas por florestas e matas ciliares não foram alteradas significativamente até os dias atuais.
Abstract The grasslands of Campos de Cima da Serra region, located in NE Rio Grande do Sul, were originally occupied by extensive cattle ranching. However, in the 1950s, a transition took place in land use from native vegetation to modern cash crop agriculture, which comprised mainly annual grain crops and apple orchards. This study applied remote sensing techniques for spatial and temporal detection of human-induced land use changes in this 50-years period to a pilot area, including part of the urban area of Vacaria and agricultural land to the north of this city. The earliest available aerial photos, from 1964, allowed assessment of initial shifts in land use. Subsequent temporal analyses relied on Landsat imagery from the 70s, 80s and 90s, and a 2005 EROS-A high resolution image. These analyses produced land use maps, which were overlayed, resulting in a land use evolution map from the beginning of agriculture up to the present day. Approximately 40% of the original grasslands were converted to annual grain crops. Conversion rates of grasslands into other uses were about 1.4 km2 year-1 in the 1960-1995 period, and 0.7 km2 year-1 from 1996 to 2005. On the other hand, areas of forests and riparian forests have not changed significantly throughout the study period.
Contido em Revista Brasileira de Engenharia Agrícola e Ambiental, Campina Grande. Vol. 14, n. 10 (Out. 2010), p. 1038-1044
Assunto Cobertura do solo
Geoprocessamento
Sensoriamento remoto
[en] Campos de cima da serra
[en] Geoprocessing
[en] Land use change
[en] Remote sensing
Origem Nacional
Tipo Artigo de periódico
URI http://hdl.handle.net/10183/118343
Arquivos Descrição Formato
000948730.pdf (224.9Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.