Repositório Digital

A- A A+

Protective effect of guabiju (Myrcianthes pungens (O. Berg) D. Legrand) and red guava (Psidium cattleyanum Sabine) against cisplatin-induced hypercholesterolemia in rats

.

Protective effect of guabiju (Myrcianthes pungens (O. Berg) D. Legrand) and red guava (Psidium cattleyanum Sabine) against cisplatin-induced hypercholesterolemia in rats

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Protective effect of guabiju (Myrcianthes pungens (O. Berg) D. Legrand) and red guava (Psidium cattleyanum Sabine) against cisplatin-induced hypercholesterolemia in rats
Autor Dalla Nora, Cleice
Danelli, Daiane
Souza, Lucéia Fátima
Rios, Alessandro de Oliveira
Jong, Erna Vogt de
Flôres, Simone Hickmann
Abstract The present study was the first to examine the protective effect and antioxidant potential of two fruits native to the south of Brazil, namely guabiju (Myrcianthes pungens (O. Berg) D. Legrand) and red guava (Psidium cattleyanum Sabine), with respect to reducing the effects of cisplatin-induced hypercholesterolemia in male Wistar rats. The cisplatin-treated animals showed high glucose, LDL cholesterol, oxidized LDL cholesterol and total cholesterol levels. These native fruits reversed the increase in these parameters. The fat levels in the liver improved with supplementation with the fruits, and there were no differences in the thiobarbituric acid reactive substances (TBARS), creatinine, urea or HDL cholesterol levels, nor in the weight of the organs analyzed, indicating that the dose used did not affect these markers
Resumo O presente estudo foi o primeiro realizado para avaliar o efeito protetor e o potencial antioxidante de duas frutas nativas do sul do Brasil, conhecidas como Guabiju (Myrcianthes pungens (O. Berg) D. Legrand) e araçá vermelho (Psidium cattleyanum Sabine), em relação a reduzir os efeitos da hipercolesterolemia induzida pela cisplatina em ratos Wistar machos. Os animais tratados com a cisplatina apresentaram elevada taxa de glicose, altos níveis de colesterol LDL, colesterol LDL oxidado e colesterol total. Os frutos nativos atuaram protegendo os animais pela redução destes parâmetros. Os níveis de gordura no fígado melhoraram com a suplementação pelos frutos e não houve diferenças nas substâncias reativas ao ácido tiobarbitúrico (TBARS) e níveis de creatina, uréia e colesterol HDL e, também, no peso dos órgãos analisados, indicando que a dose utilizada não foi capaz de afetar tais marcadores
Contido em Revista brasileira de ciências farmacêuticas. São Paulo. Vol. 50, no.3 (jul./set. 2014), p. 483-491623-628
Assunto Araçá vermelho
Araçá vermelho/efeito protetor
Cisplatina
Guabiju
Guabiju/efeito protetor
Hipercolesterolemia/estudo experimental
Myrcianthes pungens (O. Berg) D. Legrand/efeito protetor
Psidium cattleyanum sabine/efeito protetor
Origem Nacional
Tipo Artigo de periódico
URI http://hdl.handle.net/10183/118547
Arquivos Descrição Formato
000950729.pdf (299.9Kb) Texto completo (inglês) Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.