Repositório Digital

A- A A+

Achados patológicos e imuno-histoquímicos em felinos domésticos com panleucopenia felina

.

Achados patológicos e imuno-histoquímicos em felinos domésticos com panleucopenia felina

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Achados patológicos e imuno-histoquímicos em felinos domésticos com panleucopenia felina
Outro título Pathologic and immunohistochemical findings of domestic cats with feline panleukopenia
Autor Castro, Neusa Barbosa
Rolim, Veronica Machado
Hesse, Kivia L.
Oliveira, Eduardo Conceição de
Almeida, Paula Rodrigues de
Wouters, Angélica Terezinha Barth
Driemeier, David
Sonne, Luciana
Abstract Feline panleukopenia is an important infectocontagious disease of domestic feline, especially in animals under 1 year. This paper describes the clinical-pathological findings and the immunohistochemical diagnosis of 33 cases of feline panleukopenia. The most important clinical signs were vomiting, diarrhea, and anorexia. The main gross findings observed were reddening of intestinal mucosa (16/33), evidentiation of Peyer patches (14/33), and liquefied intestinal content (7/33). The most consistent histological findings were necrosis (33/33) and lymphohistiocytic inflammatory infiltrate in the intestinal mucosa (31/33), villus fusion (27/33) and villus atrophy (26/33). In the hematopoietic tissues, the findings were characterized mainly by necrosis and tissue depletion. Parvovirus positive immunohistochemichal results were obtained in 84.85% of the cases analyzed. The best organ for viral detection was the intestine, with 84.85% of labeling in the immunohistochemichal technique. The spleen showed the best result among lymphoid organs, with 47.37% of the sections positive. This study presents most important lesions in the small intestine and in lymphoid organs and the immunohistochemistry proved good results in the detection of parvovirus.
Resumo A panleucopenia felina é uma importante doença infectocontagiosa de felinos domésticos, principalmente em animais com menos de um ano de idade. Este trabalho descreve os achados clinicopatológicos e o diagnóstico imuno- histoquímico de 33 casos de panleucopenia felina. Os principais sinais clínicos relatados foram vômito, diarreia e anorexia. As alterações mais frequentes na necropsia foram mucosa intestinal avermelhada (16/33), evidenciação das placas de Peyer (14/33) e conteúdo intestinal liquefeito (7/33). Os achados histológicos mais frequentes no intestino foram necrose (33/33) e infiltrado inflamatório linfo- -histiocitário na mucosa (31/33), fusão (27/33) e atrofia de vilosidades (26/33). Em órgãos hematopoiéticos as alterações se caracterizavam principalmente por necrose e rarefação celular. Obteve-se resultado imuno-histoquímico positivo para parvovírus em 84,85% dos casos analisados. O intestino delgado foi o melhor órgão para detecção viral, com imunomarcação em 84,85%. Dentre os órgãos linfoides, o baço apresentou o melhor resultado, com 47,37% dos cortes analisados positivos. A pesquisa revelou importantes lesões no intestino delgado e em órgãos linfoides e a técnica da imuno-histoquímica demonstrou-se eficiente na detecção do parvovírus.
Contido em Pesquisa Veterinária Brasileira. Rio de Janeiro. Vol.34, n.8(ago., 2014), p. 770-775
Assunto Imunohistoquímica
Panleucopenia felina
Patologia veterinaria : Felinos
[en] Cats
[en] Feline
[en] Immunohistochemistry
[en] Intestine
[en] Necrosis
[en] Panleukopenia
Origem Nacional
Tipo Artigo de periódico
URI http://hdl.handle.net/10183/118804
Arquivos Descrição Formato
000940114.pdf (1.964Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.