Repositório Digital

A- A A+

Eficácia das recomendações de adubação para diferentes expectativas de produtividade de arroz irrigado por inundação

.

Eficácia das recomendações de adubação para diferentes expectativas de produtividade de arroz irrigado por inundação

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Eficácia das recomendações de adubação para diferentes expectativas de produtividade de arroz irrigado por inundação
Outro título Efficacy of fertilizer recommendations for different yield expectations of flooded rice
Autor Genro Junior, Silvio Aymone
Marcolin, Elio
Anghinoni, Ibanor
Resumo Em decorrência dos altos rendimentos de arroz irrigado por inundação, verificados nos últimos anos, e das respostas dessa cultura à adubação no Sul do Brasil, as recomendações de adubação foram flexibilizadas no sentido de atender a diferentes expectativas de produtividade. Como essas recomendações foram embasadas em poucos dados de pesquisa, o presente trabalho foi desenvolvido para avaliar a eficácia delas para o sistema de semeadura em solo seco nas regiões arrozeiras do RS. Foram conduzidos 13 experimentos de campo, quatro na safra 2004/2005 e nove na safra 2005/2006, com os seguintes tratamentos: 1- Testemunha (sem adubação); 2- Recomendação de adubação para atingir produtividade até 6,0 Mg ha-1; 3- Para atingir produtividade entre 6,0 e 9,0 Mg ha-1; 4- Para atingir produtividade entre 9,0 e 12,0 Mg ha-1; e 5- Para atingir produtividade maior que 12,0 Mg ha-1. Os tratamentos 2, 3 e 4 constituem as recomendações de adubação para o arroz irrigado no Sul do Brasil. As doses foram definidas em função dos índices de fertilidade de cada local, e os tratamentos, distribuídos em blocos ao acaso. As indicações de adubação para o arroz irrigado no sistema de semeadura em solo seco, apesar de resultarem em incremento relevante de produtividade (média de 3,2 Mg ha-1), não atenderam às respectivas expectativas, pois variaram com as condições edafoclimáticas de cada local.
Abstract As a result of high flooded rice yields obtained in more recent years and the high crop response to fertilization in southern Brazil, fertilizer recommendations were flexibilized to meet different yield expectations. As these recommendations were poorly supported by research results, this study was conducted to evaluate the efficacy of these recommendations for the dryseeded rice system in the rice cultivation regions of the State. Thirteen field experiments were conducted at nine locations: four in the 2004/2005 and nine in the 2005/2006 growing seasons with the following treatments: 1. Control (without fertilization); 2. Recommendation to acchieve yield up to 6.0 Mg ha-1; 3. For yields of 6.0–9.0 Mg ha-1; 4. For yields of 9.0– 12.0 Mg ha-1 and 5. For yields of more than 12.0 Mg ha-1. Treatments 2, 3, and 4 represent the official regional fertilizer recommendations for flooded rice. The applied fertilizer rates were defined by the soil fertility status of each location, and treatments were distributed in randomized blocks. Fertilizer recommendations for dry-seeded flooded rice, in spite of resulting in relevant and consistent yield increases (average of 3.2 Mg ha-1), did not achieve the expected yields, which depend on the soil and climate conditions of each location.
Contido em Revista brasileira de ciencia do solo. Viçosa. Vol. 34, n. 5 (set./out. 2010), p. 1667-1675
Assunto Adubacao
Arroz irrigado
Semeadura
[en] Dry-seeded rice
[en] Nitrogen
[en] Phosphorus
[en] Potassium
Origem Nacional
Tipo Artigo de periódico
URI http://hdl.handle.net/10183/119166
Arquivos Descrição Formato
000953574.pdf (1.035Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.