Repositório Digital

A- A A+

Políticas públicas e mediação social na comunidade remanescente de quilombos de Casca-Mostardas, RS

.

Políticas públicas e mediação social na comunidade remanescente de quilombos de Casca-Mostardas, RS

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Políticas públicas e mediação social na comunidade remanescente de quilombos de Casca-Mostardas, RS
Autor Silva, Paulo Sergio da
Orientador Anjos, José Carlos Gomes dos
Data 2007
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Ciências Econômicas. Programa de Pós-Graduação em Desenvolvimento Rural.
Assunto Comunidade
Desenvolvimento rural
Mostardas (RS)
Negros
Políticas públicas
Quilombos
Rio Grande do Sul
Zona rural
[en] Public policies
[en] Quilombos
[en] Social mediation
Resumo A presente dissertação consiste num estudo sobre políticas públicas e mediação social no mundo rural. O objetivo principal foi analisar os processos de implementação de políticas públicas na Comunidade remanescente de quilombos de Casca – Mostardas, RS e o papel que cumprem os mediadores sociais neste contexto. Questionou-se os efeitos de poder da ausência de competências para decodificar códigos oficiais por parte dos integrantes da comunidade. O trabalho constituiu-se num estudo de caso e a metodologia utilizada valeu-se do método etnográfico através das técnicas de observação participante do quotidiano da comunidade e de suas relações com diversas instâncias de mediação. As entrevistas estruturadas e semi-estruturadas buscaram compreender as diversas percepções sobre a implementação de políticas públicas nas comunidades remanescentes de quilombos e os efeitos das ações dos mediadores na tentativa de construção de comunidades de argumentação. Os resultados desta dissertação demonstram que os movimentos realizados, no sentido da construção de espaços nos quais o protagonismo das comunidades remanescentes de quilombos, no encaminhamento de seus pleitos, seja uma realidade efetiva, está distante de ser atingido. As lógicas de ação, as trajetórias e os recursos dos agentes envolvidos são díspares ocasionando relações assimétricas de diálogo e impossibilitando o estabelecimento de pressupostos consensuais sobre as regras que estão sendo disputadas.
Abstract This thesis consists in a study about public policies and social mediation process in a rural environment. Its main goal is to analyse the implantation process of public policies in remaining Quilombo community from Casca – Mostardas, RS, as well as the role played by the social mediators in this context. The effect of power when there is no competency able to decode community members oficial codes was discussed. The methodology of this study case used an ethnografic method and participant observation techiniques of the comunity daily life and of its relationships with different mediation levels. The structured and semi-structured interviews aimed to understand different perceptions in relation to the public policies implantation in remaining quilombo comunities and mediators action effects when they try to build argument communities. The results have shown that movements made in order to create an espace where the main role of remaining quilombo communities become a effective reality haven’t reached their goal yet. Involved Agent’s Logical actions, paths and sources are unequal which provoques assimetric dialogue relationships and unables the establishment of common presuppositions about the disputed rules.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/11920
Arquivos Descrição Formato
000619248.pdf (455.4Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.