Repositório Digital

A- A A+

Caracterização da síndrome metabólica utilizando a análise de classes latentes

.

Caracterização da síndrome metabólica utilizando a análise de classes latentes

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Caracterização da síndrome metabólica utilizando a análise de classes latentes
Autor Ladwig, Ruben
Orientador Vigo, Álvaro
Data 2015
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Medicina. Programa de Pós-Graduação em Epidemiologia.
Assunto Análise fatorial
Análise por conglomerados
Síndrome X metabólica
[en] Cluster analysis
[en] Exploratory factor analysis
[en] Latent class analysis
[en] Metabolic syndrome
Resumo Objetivo: Identificar principais componentes da síndrome metabólica e características associadas, bem como identificar os perfis de anormalidades e sua variabilidade étnica. Métodos: Estudo transversal envolvendo 14544 participantes da linha de base do Estudo Longitudinal de Saúde do Adulto (ELSA-Brasil). Com idade entre 35 e 74 anos de diferentes regiões do Brasil. Foi feita uma análise fatorial exploratória em variáveis associadas à síndrome metabólica, com uma análise de agrupamento dos participantes em função de seus escores fatoriais. Paralelamente, análise de classes latentes foi feita em toda a amostra, após categorização das variáveis. As proporções das classes foram avaliadas em cada estrato de raça/cor dos participantes. Resultados: Na amostra ELSA observou-se três fatores que explicam 97,7% da variabilidade das variáveis associadas à síndrome: componentes da síndrome metabólica e inflamação; hipertensão; enzimas hepáticas. Na análise de classes latentes observaram-se seis perfis de manifestação dos componentes síndrome, sendo que o perfil com maior prevalência no estudo é de pessoas com sobrepeso e hiperglicemia, mas com probabilidade menor de apresentar hipertensão. Nesta classe, a prevalência da síndrome metabólica (definida pelo critério conjunto) é de 42%. Esta classe é mais comum entre os indígenas do que nas demais categorias de raça/cor. Conclusão: A síndrome metabólica se manifesta de formas distintas na população. A investigação da associação destas manifestações com desfechos de interesse poderia aprofundar o conhecimento sobre a síndrome metabólica.
Abstract Objective: identify key components of the metabolic syndrome and associated features, as well as identify abnormalities groups and its ethnic variability. Methods: Cross-sectional study involving 14544 baseline participants of the Brazilian Longitudinal Study of Adult Health (ELSA-Brasil), aged between 35 and 74 years, from different country regions. A exploratory factorial analysis was done on selected variables associated with the metabolic syndrome, with a cluster analysis done on the participants factor scores. At the same time, a latent class analysis was done on all participants and on the subset that had metabolic syndrome diagnosis, after the variables were categorized. The proportions of classes were evaluated in each stratum of race/color of the participants. Results: We observed 3 factors on the ELSA sample. They explain 97.7% of the variability of the variables associates with the metabolic syndrome: the metabolic syndrome and inflammation components; hypertension, markers of the non-alcoholic fatty liver disease. In the latent class analysis, we observed 6 classes of metabolic syndrome expression. The proportions of classes were evaluated in each stratum of race/color of the participants. The most prevalent class was of overweight and hiperglicemic subjects, with lower probability of having hipertension. In this class, the metabolic syndrome prevalence is of 42%. This class is more common in indians than in other groups of race/color. Conclusion: The metabolic syndrome is manifested in different ways in the population. The research of the association of these different manifestations with selected outcomes could further the current knowledge on the metabolic syndrome.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/119412
Arquivos Descrição Formato
000969442.pdf (348.5Kb) Texto parcial Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.