Repositório Digital

A- A A+

Avaliação dos parâmetros hemogasométricos e bioquímicos de equinos puro sangue inglês pré e pós corrida

.

Avaliação dos parâmetros hemogasométricos e bioquímicos de equinos puro sangue inglês pré e pós corrida

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Avaliação dos parâmetros hemogasométricos e bioquímicos de equinos puro sangue inglês pré e pós corrida
Autor Mattos, Fabiane
Orientador Natalini, Claudio Correa
Co-orientador Vieira, Julio Cesar Mello
Data 2012
Nível Graduação
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do sul. Faculdade de Veterinária. Curso de Medicina Veterinária.
Assunto Cavalo de corrida
Hematologia veterinaria
Performance
Puro sangue ingles
Turfe : Porto Alegre (RS)
[en] Athletic performance
[en] Biochemical
[en] Blood gas
[en] Thoroughbred
Resumo O Puro Sangue Inglês é um cavalo de esporte que pode correr em altas velocidades (65km/h), por 1-2 min em distâncias de 800 a 1500m. Essa superioridade atlética é atribuída a inúmeras adaptações fisiológicas. Embora o turfe seja um esporte de alta performance e exigência dos cavalos, os programas de treinamento ainda são feitos de forma empírica. O objetivo deste trabalho é estabelecer padrões hematológicos e bioquímicos para a avaliação da performance atlética dos cavalos de corrida. Avaliou-se um total de 8 cavalos da raça Puro Sangue Inglês. Foram utilizados 7 machos e 1 fêmea, hígidos e em atividade esportiva. Os equinos selecionados iriam percorrer distâncias que variavam entre 1100 e 1300 metros e tinham entre 3 e 4 anos. Foram realizadas três colheitas de sangue de cada animal. A primeira colheita, ainda em repouso, foi feita duas 2 horas antes da corrida (T-2); a segunda imediatamente após a corrida (T0) e a terceira após decorrida 1 hora do páreo (T1). Os parâmetros de gasometria sanguínea foram determinados através do analisador portátil iStat®, da Abbott. O aparelho utilizado para as análises bioquímicas, CK e GGT, é o Reflotron Plus, da Roche®. Também foi estabelecido, em cada amostra de sangue, o hematócrito (Ht) e as proteínas plasmáticas totais (PPT). Os dados obtidos foram submetidos a Análise de Variância em 1 Via (One Way ANOVA), com p<0,05 bem como ao Teste Bonferroni para comparação de médias. O hematócrito (Ht) apresentou diferença significativa entre os tempos T-2 e T0. As proteínas totais apresentaram diferença significativa (aumento) entre os tempos T-2 e T0, voltando ao valor inicial no tempo T1. No exercício máximo (T0), observou-se diminuição significativa nos valores de pH que, associada à diminuição do HCO3 e do excesso de base, caracterizam o quadro de acidose metabólica. O lactato teve um aumento significativo entre os tempos T-2 e T0. Houve aumento significativo nos valores da pO2 entre o repouso (T-2) e o final do exercício máximo (T0), decorrente da hiperventilação. A CK apresentou diferença significativa nos valores entre os tempos T-2 e T0. Os valores da enzima gama glutamil transferase apresentaram diferença significativa entre os tempos T-2 e T0/T1. O exercício físico de alta intensidade provoca variações nos parâmetros hemogasométricos e bioquímicos dos cavalos Puro Sangue Inglês. No período pós descanso, os animais recuperaram os valores séricos para os níveis existentes no pré-páreo.
Abstract The Thoroughbred horse is an athlete that can run at high speeds (65km/h) for 1-2 min at distances of 800 to 1500m. This athletic superiority is attributed to numerous physiological adaptations. Although horse racing is a sport of high performance and requirement of the horses, the training programs are still made empirically. The objective of this work is to establish standards for haematological and biochemical evaluation of athletic performance of racehorses. We evaluated a total of 8 Thoroughbred horses. We used 7 males and 1 female, healthy and in athletic activity. The horses selected had raced distances ranging between 1100 and 1300 meters and were 3 or 4 years old. Three blood samples were collected from each animal. The first crop, still at rest, was performed 2 hours before the race (T-2); the second, immediately after the race (T0) and the third 1 hour after the running (T1). The parameters were determined by blood gas analyzer portable iStat ®, Abbott. The apparatus used for biochemical evaluation, CK and GGT, is the Reflotron Plus, Roche ®. It was also established in each blood sample, PCV (Ht) and total serum protein (PPT). Data were subjected to analysis of variance One Way ANOVA, with p <0.05 and the Bonferroni test for comparison of means. The hematocrit (Ht) showed a significant difference between times T0 and T-2. Total proteins showed significant difference (increase) between times T0 and T-2, back to the initial value at time T1. At maximal exercise (T0), were observed a significant decrease in pH, which coupled with the decrease in HCO3 and base excess, characterizing the metabolic acidosis. Lactate increased significantly between times T0 and T-2. The increased observed in values of pO2 between rest (T-2) and the end of maximal exercise (T0) is due to hyperventilation. CK showed significant differences in values between times T0 and T-2. The enzyme γ-glutamyl transferase showed significant difference between the times T-2 and T0/T1. The high intensity exercise causes changes in biochemical and blood gas parameters in Thoroughbred horses. After standing, the animals recovered values for serum levels existing in the pre-match.
Tipo Trabalho de conclusão de graduação
URI http://hdl.handle.net/10183/119431
Arquivos Descrição Formato
000970197.pdf (390.6Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.