Repositório Digital

A- A A+

Perfil de resistência antimicrobiana e análise de Enterococcus spp. isolados de alimentos em Porto Alegre, RS

.

Perfil de resistência antimicrobiana e análise de Enterococcus spp. isolados de alimentos em Porto Alegre, RS

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Perfil de resistência antimicrobiana e análise de Enterococcus spp. isolados de alimentos em Porto Alegre, RS
Autor Riboldi, Gustavo Pelicioli
Orientador Frazzon, Jeverson
Data 2007
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Centro de Biotecnologia do Estado do Rio Grande do Sul. Programa de Pós-Graduação em Biologia Celular e Molecular.
Assunto Alimentos
Enterococcus
Porto Alegre (RS)
Reação em cadeia da polimerase
Resistência antimicrobiana
Resumo Enterococcus spp são microrganismos que colonizam o trato gastrintestinal de humanos. Estes microrganismos podem ser também encontrados em alimentos, onde possuem um papel benéfico durante a maturação de determinados produtos fermentados. Enterococos eram consideradas bactérias de baixa virulência; no entanto, estes microrganismos, recentemente, assumiram uma importância clínica, sendo considerados patógenos oportunistas para humanos. Esta característica dualista do microrganismo se tornou um motivo de discussão constante entre a classe científica no mundo todo. O objetivo desse estudo foi determinar a distribuição e o perfil de resistência antimicrobiana de Enterococcus spp. isolados de diferentes fontes de alimentos da cidade de Porto Alegre, RS, Brasil.Linhagens isoladas de vegetais, carne e produtos lácteos foram submetidas a análises morfológicas, bioquímicas e de identificação molecular utilizando a técnica de PCR e as linhagens positivas foram analisadas quanto à susceptibilidade a 12 antimicrobianos utilizados na clínica ou na pecuária. Ainda, estas amostras foram analisadas quanto à diversidade genotípica pela utilização da técnica de RAPD-PCR. A análise estatística dos perfis de RAPD-PCR obtidos para as amostras verificou uma presença de 42 padrões de banda diferenciados e 6 perfis diferentes de RAPD-PCR. Relacionando os testes fenotípicos clássicos previamente realizados, somente um perfil agrupou todas as linhagens de mesma espécie. Os dados aqui descritos sugerem atenção especial aos microrganismos provenientes de todos os três grupos de alimentos utilizados como fonte de isolamento, principalmente devido à presença de linhagens com altos níveis de resistência a antimicrobianos, incluindo aqueles de maior relevância clínica como agentamicina, estreptomicina, ampicilina e vancomicina. Além disso, análises dos dados de RAPD-PCR demonstraram uma variabilidade genética entre as linhagens de enterococos provenientes de diferentes fontes de alimentos.
Abstract Enterococcus spp. are commensal microorganisms, which colonize the gastrointestinal tract in humans. These microorganisms are natural microbiotic compounds in foods, playing a beneficial role during the maturation of some fermented products. Enterococci presents, generally, relative low virulence. However, these organisms have recently assumed major importance in clinical microbiology as well. They are considered emerging pathogens for humans, with Enterococcus faecalis causing human enterococcal infections at high rates, and these dualistic characteristics have turned a subject of constant debate worldwide.The aim of the present study was to determine the species distribution and the antimicrobial resistance profiles of enterococci isolated from several food in Porto Alegre, RS, Brazil. Strains isolated from vegetables, meat and dairy products were submitted to morphological, biochemical and molecular identification using PCR technique, and positive strains were submitted to antimicrobial susceptibility tests using twelve clinical and agricultural antimicrobians. Furthermore, we investigated the genotypic diversity of enterococci strains. Randomly amplified polymorphic DNA (RAPD)-PCR was used to study the genetic variability, which distinguished closely related isolates. After numerical analyses of the RAPD-PCR profiles obtained with M13 primer, 42 different patterns were obtained. Six different RAPD profiles were recorded for the enterococcal isolates. According to previous species determination by phenotypical tests, only one cluster associated all strains from the same species. Our data suggest a special attention to strains isolated from all the three groups of food in analysis, especially due to the presence of enterococci resistant to high level and a wide range of clinical antimicrobians thatinclude gentamycin, streptomycin, ampicillin and vancomycin. Results of the present study suggest that there is some genotypic variability within strains of enterococci deriving from several food sources in Southern Brazil.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/11995
Arquivos Descrição Formato
000611086.pdf (848.2Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.