Digital Repository

A- A A+

Avaliação do impacto de um protocolo de cuidados odontológicos na qualidade de vida de pacientes com câncer de cabeça e pescoço

DSpace/Manakin Repository

Avaliação do impacto de um protocolo de cuidados odontológicos na qualidade de vida de pacientes com câncer de cabeça e pescoço

Show full item record

Statistics

Title Avaliação do impacto de um protocolo de cuidados odontológicos na qualidade de vida de pacientes com câncer de cabeça e pescoço
Author Funk, Camila Samara
Advisor Baldisserotto, Julio
Date 2007
Level Master
Institution Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Odontologia. Programa de Pós-Graduação em Odontologia.
Subject Carcinoma bucal
Odontologia preventiva
[en] Dental guideline
[en] Head and neck cancer
[en] Oral cancer
[en] Oral health
[en] Quality of life
Abstract in Portuguese O câncer representa um importante problema de saúde pública no mundo, devido ao aumento da sua prevalência, além do grande impacto individual, institucional e social. Assim, merece uma abordagem ampliada, integral e interdisciplinar, a fim de minimizar as seqüelas decorrentes da doença ou do seu tratamento, visando à cura com manutenção da qualidade de vida (QV). Dessa forma, este trabalho teve como objetivos descrever o perfil sócio-demográfico e de saúde bucal de pacientes com câncer de cabeça e pescoço assistidos no HNSC, Porto Alegre – RS e, verificar o impacto na QV destes de um protocolo de cuidados odontológicos sistemático, antes, durante e depois da terapia oncológica. O estudo, delineado como um Ensaio Clínico Randomizado, teve a participação de 46 sujeitos com diagnóstico de neoplasia primária de cabeça e pescoço, captados por conveniência, consecutivamente e distribuídos aleatoriamente em dois grupos. No grupo controle, os pacientes foram examinados e orientados sobre os possíveis efeitos do tratamento oncológico e encaminhados aos serviços de atenção básica de referência para atendimento odontológico. No grupo intervenção, os pacientes foram examinados e orientados, sobre os possíveis efeitos do tratamento oncológico. Os sujeitos incluídos neste grupo receberam um protocolo de cuidados odontológicos na instituição, com acompanhamento profissional sistemático antes, durante e depois da terapia oncológica. Também foram fornecidas, aos cuidadores e pacientes, em ambos os grupos, orientações sobre os possíveis efeitos secundários da terapia oncológica e de ações para minimizar estes problemas. Os dados coletados referem-se a condições sócio-demográficas e de saúde bucal e também de avaliação da QV através de dois questionários - EORTC (específico para pacientes com câncer de cabeça e pescoço) e WHOQOL (avaliação geral da QV), aplicados em dois momentos distintos: antes e quinze dias depois da terapia oncológica concluída. Os resultados mostraram uma maior prevalência do câncer de cabeça e pescoço em homens, de baixo nível educacional e sócio-econômico, com pobre condição oral e média de idade de 54,2 anos. O diagnóstico histopatológico mais freqüente foi o carcinoma epidermóide, sendo as localizações preferenciais a língua e orofaringe. Mais de 60% dos diagnósticos foram realizados nas fases avançadas (III e IV – TMN) e os principais tratamentos realizados a cirurgia e a radioterapia. Apesar das características basais serem desfavoráveis, o grupo intervenção apresentou melhora na avaliação geral de QV e manutenção da específica após o tratamento oncológico, enquanto que o grupo controle mostrou piora em ambos, porém não houve diferença significativa entre os grupos. Entretanto, a variação das medidas (delta) no grupo intervenção, quando comparadas as características basais e finais, mostra uma projeção que tendencia uma melhoria significativa ao longo do tempo. Verifica-se também uma redução de candidíase (p<0,05) e mucosite no grupo intervenção. Conclui-se que os pacientes assistidos no Serviço de Oncologia do HNSC apresentaram o perfil típico dos tumores de localização de cabeça e pescoço no país, com maior prevalência de homens, tabagistas, de baixo nível sócio-econômico e educacional e pobre saúde oral. O protocolo de cuidados odontológicos desenvolvido foi capaz de reduzir danos decorrentes da terapia oncológica, além de poder contribuir para uma melhoria da QV ao longo do tempo aos pacientes com câncer de cabeça e pescoço.
Abstract Cancer represents a major public health problem all over the world due to the increase in its prevalence, besides its great individual institutional, and social impact. Thus, it deserves a wide, integral, and interdisciplinary approach in order to minimize the sequelae resulting from the disease or its treatment, and aiming to the healing with maintenance of the quality of life (QoL). This way, this study aimed to describe the social-demographic and oral health profile of head and neck cancer patients treated in Hospital Nossa Senhora da Conceição (HNSC), Porto Alegre, Brazil, and to check the impact of a systematic dental care guideline on the QoL before, during, and after the oncological therapy. The study, designed as a Randomized Clinical Trial, had the participation of 46 subjects with diagnosis of head and neck primary neoplasy, captured by convenience, consecutively, and randomly distributed in two groups. In the control group, patients were examined and advised about the possible effects of the oncological treatment and referred to the basic health care services for dental care. In the test group, patients were examined and advised about the possible effects of oncological treatment. The subjects included in this group received a dental care guideline in the institution, with a systematic professional follow-up before, during, and after the oncological therapy. Also, both caretakers and patients from each group received guidance about the possible secondary effects of the oncological therapy and the actions to minimize these problems. Collected data refer to the social-demographic and oral health status, as well as the evaluation of QoL by means of two questionnaires - EORTC (specific for head and neck cancer patients), and WHOQOL (general evaluation of QoL). These were administered in two distinct moments: before the onset and fifteen days after the conclusion of the oncological therapy. Results showed a higher prevalence of head and neck cancer in men, with low educational and social-economic level, with a poor oral condition, and an average age of 54.2 years. The most frequent histopathological diagnosis was epidermoidis carcinoma, being the preferential sites the tongue and the oropharynx. More than 60% of the diagnosis was done in the advanced phases (III e IV – TMN), and the main treatments performed were surgery and radiotherapy. In spite of the unfavorable baseline characteristics, the test group showed an improvement in the general evaluation of QoL, and maintenance of the specific QoL after the oncological treatment. The control group showed a worsening in both of them, although there was no significant difference between the groups. However, the range of the measures (delta) in the test group, when compared to the baseline and final characteristics, shows a projection tending to a significant improvement along time. A decrease in candidiasis (p<0,05) and muccositis was also shown in the test group. It is concluded that the patients treated in the Oncology Service of HNSC have shown a profile that is typical of the head and neck tumors in the country, with higher prevalence in men, smokers, low social-economic and educational level, and poor oral health. The dental care guideline that was developed was able to decrease harm resulting from the oncological therapy, as well as to contribute for an improvement of QoL along the time for the patients with head and neck cancer.
Type Dissertation
URI http://hdl.handle.net/10183/12133
Files Description Format View
000623520.pdf (2.512Mb) Texto completo Adobe PDF View/Open

This item is licensed under a Creative Commons License

This item appears in the following Collection(s)


Show full item record

Browse



  • The author is the owner of the copyrights of the documents available in this repository and is prohibited under the law, the marketing of any kind without prior authorization.
    Graphic design by Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.