Repositório Digital

A- A A+

Remediação de ambientes contaminados com hidrocarbonetos por micro-organismos

.

Remediação de ambientes contaminados com hidrocarbonetos por micro-organismos

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Remediação de ambientes contaminados com hidrocarbonetos por micro-organismos
Autor Feltraco, Jackson
Orientador Vainstein, Marilene Henning
Data 2015
Nível Graduação
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Instituto de Biociências. Curso de Biotecnologia.
Assunto Biorremediação
Microorganismos
Petróleo
[en] Bioremediation
[en] Contaminated environments
[en] Petroleum
Resumo O petróleo é uma mistura complexa de hidrocarbonetos (saturados, aromáticos, resinas e asfaltenos) de coloração escura, com odor característico e inflamável. Essa substância tem importância em diversos setores, sendo uma das maiores fontes de energia atual. Segundo dados de 2013, a produção mundial de petróleo foi de 86,8 milhões de barris/dia, sendo 2,1 milhões de barris/dia referentes apenas ao Brasil, ocupando a 13ª posição no ranking mundial. Devido a grande exploração e produção deste composto orgânico, durante o seu processamento, refino, transporte e armazenamento podem ocorrer grandes vazamentos, ocasionando sérios impactos ambientais. Assim, a biorremediação aparece como uma técnica promissora de remediação desses ambientes, pois o elevado custo da limpeza dessas áreas gera grandes gastos. Portanto, o objetivo do trabalho foi selecionar micro-organismos e avaliar a capacidade de biorremediação em ambientes contaminados com hidrocarbonetos. Para a realização desta pesquisa foram utilizados 46 micro-organismos a partir da coleção do Laboratório de Fungos de Importância Médica e Biotecnológica, do Centro de Biotecnologia da UFRGS. Considerando avaliar a degradação dos hidrocarbonetos, os testes prévios com os indicadores redox TTC (2,3,5-cloreto de trifeniltetrazólio) e DCPIP (2,6-Diclorofenol indofenol) foram utilizados. Os micro-organismos selecionados dessa análise foram submetidos a outro teste prévio para avaliar a solubilização do contaminante em água marinha. Para avaliar a produção de biossurfactantes pelos micro-organismos selecionados nos testes anteriores, as técnicas com ramnolipídeos e bioemulsificantes foram realizadas. No final destas análises, 19 micro-organismos foram selecionados como promissores para a remediação de ambientes contaminados com hidrocarbonetos, entretanto, mais metodologias serão necessárias para comprovar que estes isolados podem ser utilizados para a biorremediação.
Abstract Petroleum is a complex mixture of hydrocarbons (saturated, aromatics, resins and asphaltenes) of dark coloring with distinctive smell and flammable. This substance has huge importance in several sectors, being one of the biggest energy resources nowadays. According to 2013 data, the global production of petroleum was 86,6 millions of barrels/day, being 2,1 millions of barrels/day only from Brazil, which occupies the 13th position in the world ranking. Due to the great exploration and production of this organic compound, during the processing, refining, transportation and storage there can be substantial leaks, causing serious environmental impacts. Thus, bioremediation appears as a promising technique of remediation of these areas, because the high cost used for cleaning these areas generates large expenditures. Therefore, the objective of the study was to select and evaluate the bioremediation capacity by microorganisms in contaminated areas with hydrocarbons. For this research, it has been used 46 micro-organisms from the collection of Medically Important Fungi Laboratory and Biotechnology, located in the Biotechnology Center of UFRGS. Considering evaluate the degradation of hydrocarbons, the preliminary tests with redox indicators TTC (2,3,5-triphenyltetrazolium chloride) and DCPIP (2,6-dichlorophenol indophenol) were used. The ones elected to this analysis were subjected to a further pre-test to evaluate the solubilization of the contaminant in seawater. To assess the production of the biosurfactant by the selected microorganisms from the tests above, the techniques and ramnolipídeos bioemulsificantes were performed. The end of this analysis selected 19 microorganisms selected as promising for the remediation of contaminated areas with hydrocarbons. However, further methods are needed to verify that these isolates may be used for bioremediation.
Tipo Trabalho de conclusão de graduação
URI http://hdl.handle.net/10183/122193
Arquivos Descrição Formato
000970985.pdf (1.460Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.