Repositório Digital

A- A A+

Dimorfismo sexual em oito espécies de Passeriformes : uma comparação de sexagens em campo e em laboratório

.

Dimorfismo sexual em oito espécies de Passeriformes : uma comparação de sexagens em campo e em laboratório

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Dimorfismo sexual em oito espécies de Passeriformes : uma comparação de sexagens em campo e em laboratório
Autor Tavares, Pâmela Vanessa Friedemann
Orientador Oliveira, Gonçalo Nuno Côrte-Real Ferraz de
Data 2015
Nível Graduação
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Instituto de Biociências. Curso de Ciências Biológicas: Bacharelado.
Assunto Dimorfismo sexual
Passeriformes
Resumo Fazer a sexagem correta das aves capturadas em rede de neblina pode ser uma difícil tarefa quando se trata de espécies que não têm dimorfismo sexual ou de indivíduos jovens que podem apresentar coloração de macho e fêmea. O objetivo deste trabalho é analisar dados morfométricos e fotografias de oito espécies de aves da Amazônia Central. Pretendemos identificar possíveis diferenças crípticas nos indivíduos que não têm dimorfismo sexual na plumagem (Pithys albifrons e Glyphorynchus spirurus) e observar as dificuldades na definição do sexo de jovens das espécies que apresentam dimorfismo sexual na plumagem (Gymnopithys rufigula, Percnostola rufifrons, Dixiphia pipra, Willisornis poecilinotus, Thamnomanes ardesiacus e Thamnomanes caesius). Comparamos o comprimento de asa e a massa corporal entre os sexos e analisamos as imagens obtidas em campos. Os indivíduos de P. albifrons e G. spirurus foram sexados em laboratório. Houve algumas dúvidas de sexagem feita em campo de jovens de D. pipra, P. rufifrons, G. rufigula e W. poecilinotus. Detectamos diferença (p < 0.05) na massa corporal de uma espécie (D. pipra) e no tamanho da asa (p < 0.05) de machos e fêmeas de quatro espécies (P. albifrons, G. spirurus, G. rufigula e P. rufifrons). A diferença no tamanho da asa dos indivíduos de P. albifrons e G. spirurus pode auxiliar na definição do sexo dos indivíduos em campo e também pode auxiliar na sexagem dos indivíduos jovens das espécies que possuem dimorfismo sexual na plumagem, mas que às vezes causam confusão no momento da sexagem.
Tipo Trabalho de conclusão de graduação
URI http://hdl.handle.net/10183/122201
Arquivos Descrição Formato
000971064.pdf (650.6Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.