Repositório Digital

A- A A+

A família Eunotiaceae Kutzing (Eunotiales, Bacillariophyta) nas áreas da Lagoa do Casamento e dos Butiazais de Tapes, plnície costeira do RS : taxonomia e distribuíção

.

A família Eunotiaceae Kutzing (Eunotiales, Bacillariophyta) nas áreas da Lagoa do Casamento e dos Butiazais de Tapes, plnície costeira do RS : taxonomia e distribuíção

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título A família Eunotiaceae Kutzing (Eunotiales, Bacillariophyta) nas áreas da Lagoa do Casamento e dos Butiazais de Tapes, plnície costeira do RS : taxonomia e distribuíção
Autor Bicca, Aline Brugalli
Orientador Torgan, Lezilda Carvalho
Data 2007
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Instituto de Biociências. Programa de Pós-Graduação em Botânica.
Assunto Taxonomia vegetal : Algas : Teses : Rio Grande do Sul
Resumo O presente trabalho tem como objetivos efetuar o estudo taxonômico da família Eunotiaceae e averiguar a distribuição das espécies nas áreas da Lagoa do Casamento e dos Butiazais de Tapes, na Planície Costeira do Rio Grande do Sul. O estudo baseou-se em amostragens efetuadas em 21 estações georreferenciadas, abrangendo diferentes ambientes (lagoas isoladas, lagoas interligadas, banhados, açude e canal), nas zonas pelágica e litorânea. As coletas foram efetuadas na estação de outono (maio e junho de 2003) e de primavera (outubro a dezembro de 2003). Como resultado, a família esteve representada por 42 espécies (sendo nove ainda não identificadas) e cinco variedades pertencentes ao gênero Eunotia e uma espécie de Actinella. Eunotia bilunaris, E. schwabei, E. tridentula var. tridentula, E. vumbae, E. yberai e E. zygodon são citadas pela primeira vez para a Região Litoral, enquanto que E. batavica, E. genuflexa, E. herzogii, E. pileus, E. pirla, E. subarcuatoides, E. deficiens, E. hepaticola, E. mucophila, E. pseudosudetica, E. transfuga e E. yanomami são registradas pela primeira vez no estado do Rio Grande do Sul. Cerca de 2% das espécies foram consideradas constantes, 14,8% freqüentes, 34% comuns e 48,9% raras, sendo que a única espécie constante, E. flexuosa, teve grande representatividade na área da Lagoa do Casamento, ocorrendo em 100% dos ambientes amostrados. Nas duas áreas a riqueza de espécies foi alta com número de espécies aproximado, 34 encontradas na área da Lagoa do Casamento e 36 na área dos Butiazais de Tapes. O banhado entre a lagoa do Capivari e lagoa do Casamento e o banhado com Sphagnum foram os ambientes que apresentaram maior riqueza, com 25 e 19 espécies, respectivamente, por apresentarem condições favoráveis ao desenvolvimento dos organismos desta família, quais sejam águas ácidas e vegetação aquática abundante.
Abstract The present study aimed to taxonomically analyze the family Eunotiaceae and investigate the distribution of the species in Lake Casamento and Butiazais de Tapes, in the Coastal Plains of Rio Grande do Sul. The study was based on samples from 21 georeferred stations, covering different environments (isolated lakes, interconnected lakes, swamps, ponds, and canals), in pelagic zones and shoreline. The samples were taken in the fall (May and June 2003) and spring (October to December 2003). As a result, the family was represented by 42 species (where nine are still not identified) and five varieties pertaining to the genus Eunotia and one to the species Actinella. Eunotia bilunaris, E. schwabei, E. tridentula var. tridentula, E. vumbae, E. yberai, and E. zygodon are cited for the first time in the Coastal Region; while E. batavica, E. genuflexa, E. herzogii, E. pileus, E. pirla, E. subarcuatoides, E. deficiens, E. hepaticola, E. mucophila, E. pseudosudetica, E. transfuga and E. yanomami are reported for the first time in Rio Grande do Sul. 2% of the species were considered constant, 14,8% frequent, 34% common, and 48,9% rare, where within the constant, E. flexuosa were highly representative in Lake Casamento, being found in 100% of the sampled areas. In both areas, the species richness was high, where 34 species were found in Lake Casamento and 36 in Butiazais de Tapes. The swamp between Lake Capivari and Lake Casamento and the swamp with Sphagnum were the environments that presented the highest richness, with 25 and 19 species, respectively, by presenting favorable conditions for the development of organisms from this family, which are acidic waters and abundant aquatic vegetation.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/12223
Arquivos Descrição Formato
000624051.pdf (9.208Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.