Repositório Digital

A- A A+

À Beira do vazio : investigações pictóricas sobre o espaços

.

À Beira do vazio : investigações pictóricas sobre o espaços

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título À Beira do vazio : investigações pictóricas sobre o espaços
Autor Bastos, Fernanda Valadares de Sampaio
Orientador Rey, Sandra Terezinha
Data 2014
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Instituto de Artes. Programa de Pós-Graduação em Artes Visuais.
Assunto Arte : Espaço
Estoicismo
Incorporal
Pintura encáustica
Processo
Vazios
[en] Emptiness
[en] Encaustic painting
[en] Incorporeal
[en] Process
[en] Space
[en] Stoicism
Resumo A presente pesquisa tem como objetivo investigar minha produção em pintura encáustica, com foco no processo de feitura. Inicialmente procuro abarcar os aspectos visíveis do trabalho, como as especificidades dessa técnica de pintura com cera de abelhas e sua utilização ao longo da história, com sucessivos períodos de esquecimento e redescoberta, desde a Grécia Antiga. Apresento um levantamento de suportes, ferramentas necessárias e receitas do medium, assim como das particularidades formais e construtivas de minha produção pictórica, como planos, camadas e brancos. O espaço é o ponto central manifesto no trabalho, que se desenvolve a partir do binômio espaço construído, espaço absoluto. São representados ambientes arquitetônicos, lugares ligados ao sistema das artes como museus e galerias, mas também montanhas e horizontes, esvaziados. Ao longo do processo de construção das pinturas de dimensões generosas, o espaço se manifesta não apenas na representação, como através do estado mental. São observados os meandros do espaço interno, que se mantém no presente ou divaga, enquanto o corpo vai erigindo o espaço pictórico. A Teoria dos Incorporais no Estoicismo Antigo de Émile Bréhier, dá suporte à exploração às camadas subjacentes desse processo, que abrange questões relativas ao vazio, ao lugar, ao tempo e a um aspecto de imanência, perceptível pelo exprimível. O corpo de trabalho, portanto, repousa parte no tangível, parte no sensível, que vão se alternando, se suturando ao longo do percurso. Por fim, a pintura não é apenas a matéria que se encerra nas duas dimensões do suporte, mas as possibilidades decorrentes da experiência contemplativa do fazer.
Abstract This present study aims to investigate my encaustic painting production, focusing on the making process. At first I try to encompass the visible aspects of the work, as the specificities of this technique of painting with beeswax, its use throughout history, with successive periods of neglect and rediscovery, since Ancient Greece. I introduce an inventory of substrates, tools and recipes as well as the formal and constructive features of my pictorial production, such as plans, and whites. Space is the central issue manifested in the work, which evolves from the binomial constructed space, absolute space. These are represented as architectural environments, especially places linked to the arts system, like museums and art galleries, but also mountains and horizons necessarily emptied. Throughout the construction process of the over sized paintings, space manifests itself not only through representation, as mental state. The intricacies of the mind space, which remains in the present or wanders, are observed while the body builds pictorial space. Émile Bréhier's The Theory of the Incorporeal in Ancient Stoicism, conceptually supports the underlying layers of this process, which covers issues relating to emptiness, place, time and the one aspect of immanence, perceptible by the expressible. Therefore, the body of work lies partially in the tangible, partially in the sensitive, which alternates as a suture along the route. Finally, the painting is not only the two dimensional substance, but the possibilities arising from the contemplative experience of workmanship.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/122552
Arquivos Descrição Formato
000969661.pdf (7.021Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.