Repositório Digital

A- A A+

Estudos transversais e longitudinais com desfechos binários : qual a melhor medida de efeito a ser utilizada?

.

Estudos transversais e longitudinais com desfechos binários : qual a melhor medida de efeito a ser utilizada?

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Estudos transversais e longitudinais com desfechos binários : qual a melhor medida de efeito a ser utilizada?
Outro título Cross-sectional and longitudinal studies with binary outcomes : what is the best measure of effect to be used?
Autor Hirakata, Vania Naomi
Resumo Desde a década de 90, o uso da razão de chances em estudos transversais e longitudinais tem sido discutido na literatura epidemiológica. Este artigo tem como objetivo descrever os principais argumentos trazidos pelos autores a favor e contra o uso da razão de chances nestes tipos de estudos e apresentar as principais alternativas propostas para que seja possível estimar razões de prevalências ou de incidências cumulativas ajustando para demais variáveis.
Abstract Since the 90s, using the odds ratio in cross-sectional and longitudinal studies have been discussed in the epidemiological literature. This article aims to describe the main arguments brought by the authors for and against the use of odds ratio in these types of studies and present the main alternatives proposed in order to estimate the prevalence ratios or cumulative effects, adjusting for other variables.
Contido em Revista HCPA. Porto Alegre. Vol. 29, n. 2 (2009), p. 174-176
Assunto Epidemiologia
Estudos transversais
Razão de prevalências
[en] Cross-sectional
[en] Cumulative effects
[en] Longitudinal
Origem Nacional
Tipo Artigo de periódico
URI http://hdl.handle.net/10183/122576
Arquivos Descrição Formato
000970672.pdf (142.6Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.