Repositório Digital

A- A A+

FRBR e ontologias de fundamentação: uma análise através da metodologia Ontoclean

.

FRBR e ontologias de fundamentação: uma análise através da metodologia Ontoclean

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título FRBR e ontologias de fundamentação: uma análise através da metodologia Ontoclean
Autor Fermino, Eliane
Orientador Rocha, Rafael Port da
Co-orientador Abel, Mara
Data 2015
Nível Graduação
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Biblioteconomia e Comunicação. Curso de Biblioteconomia.
Assunto Catalogação
Ontologia
[en] FRBR
[en] OntoClean
[en] Ontology
Resumo Este estudo descreve a análise ontológica do modelo conceitual FRBR com base na abordagem de ontologias de fundamentação. Utiliza a metodologia OntoClean para exame do significado ontológico das entidades do grupo 1 do modelo de classificação bibliográfica dos FRBR: obra, expressão, manifestação e item, em termos de suas metapropriedades: essência, rigidez, de dependência e de unicidade. A análise ontológica permite evidenciar o real significado dos conceitos de um modelo, proporcionando a criação de modelos mais precisos. Os instrumentos utilizados na pesquisa seguiram questões norteadoras como: levantar os conceitos dos FRBR, os atributos utilizados como identificadores e aqueles com os quais os conceitos são descritos no modelo, analisando esses elementos com base nas metapropriedades descritas na metodologia OntoClean. Os resultados mostram que obra, expressão, manifestação e item são conceitos dependentes, porém reconhecidos por carregarem seus próprios critérios de identidade e possuem suas próprias instâncias. Verifica que, em relação à unicidade, é possível reconhecer todas as partes que compõem uma obra, expressão, manifestação e item. Entretanto, obra e expressão tem um critério de unicidade diferente de expressão e manifestação. Devido a essas variadas formas de expressões, nem todas as instâncias de obra carreguam mesmos critérios de unicidade. O estudo mostra ainda a análise de dependência dos conceitos obra, expressão, manifestação e item, uma ligação de natureza relacional com pessoa ou entidade coletiva. Identifica que obra, expressão, manifestação e item são conceitos rígidos (+R). As análises das entidades abstratas identificou que, obra e expressão têm características específicas cujos valores permitem identificá-las como sendo um meta-tipo Kind. A entidade manifestação é um meta-tipo kind, e item identificado com as características específicas, para um meta-tipo category. A contribuição deste trabalho é identificar os conceitos ontológicos descritos no modelo FRBR, explicitar sua semântica e evidenciar quais destes conceitos classificam as instâncias do mundo sob análise. Esses conceitos, aqui definidos como Kinds oferecem suporte para o mapeamento de modelos conceituais nos diferentes tipos de classificação bibliográfica.
Abstract This study describes the ontological analysis of the FRBR conceptual model based on the approach of foundational ontologies. It applies the OntoClean methodology to exam the ontological meaning of the FRBR Group 1 entities: work, expression, manifestation and item, in terms of their metaproperties: essence, rigidity, dependence and unity. The ontological analysis allows us to highlight the real meaning of the concepts of a model by supporting the creation of more accurate models. The instruments of the research were guiding by the research questions: identifying the concepts of FRBR, their attributes used as identifiers, and those that describe the concepts in the model, by analyzing these elements based on metaproperties described in OntoClean methodology. The results show that work, expression, manifestation and item are intrinsic dependent concepts that carry their own identity criteria and proper instances. Also the concepts extend to instances that exist as a whole (preserve unicity) and embodied all the component parts of a work, expression, manifestation and item. Even so, the work and expression has different criteria of unity for speech and expression. Due to these different forms of expressions, not all instances of work preserve unicity under the same criteria. The study also evaluates the dependence of the concepts work, expression, manifestation and item regarding to the relational nature with individual or collective entity. The analysis Identifies that work, expression, manifestation and item are rigid concepts (+ R). The abstract entities work and expression have specific characteristics whose values allow identifying them as a meta-type Kind. The entity manifestation is a meta-kind type, and item identified with specific characteristics, for a meta-type category.The contribution of this work is to clarify the ontological properties of the concepts described in FRBR model, explicating their semantics and showing which of these concepts abstract the instances of the world under analysis. These concepts, as defined herein as Kinds, provide the adequate support for mapping and integration of the conceptual models of different types of bibliographic classification.
Tipo Trabalho de conclusão de graduação
URI http://hdl.handle.net/10183/122684
Arquivos Descrição Formato
000971195.pdf (1.261Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.