Repositório Digital

A- A A+

Avaliação de estresse, ansiedade, depressão e desesperança em pacientes com síndrome de ardência bucal

.

Avaliação de estresse, ansiedade, depressão e desesperança em pacientes com síndrome de ardência bucal

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Avaliação de estresse, ansiedade, depressão e desesperança em pacientes com síndrome de ardência bucal
Outro título Evaluation of stress, anxiety, depression and hopelessness in patients with Burning Mouth Syndrome
Autor Pawlowski, Josiane
Orientador Bandeira, Denise Ruschel
Data 2007
Nível Especialização
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Instituto de Psicologia. Curso de Especialização em Psicologia Clínica : Avaliaçao Psicológica.
Assunto Ansiedade
Depressão
Estresse
[en] Anxiety
[en] Burning Mouth Syndrome
[en] Depression
[en] Hopelessness
[en] Stress
Resumo Os autores avaliaram estresse, ansiedade, depressão e desesperança em pacientes com Síndrome de Ardência Bucal (SAB) e controles. Trinta pacientes com SAB foram comparados a 30 sujeitos controle residentes na região metropolitana de Porto Alegre, Brasil. Os instrumentos aplicados foram: um questionário de dados sócio-demográficos, o Inventário de Sintomas de Estresse para Adultos de Lipp (ISSL) e as Escalas Beck de Ansiedade (BAI), Depressão (BDI) e Desesperança (BHS). Os dados foram analisados através do teste de Correlação de Pearson, teste ANCOVA controlado por idade e renda e teste Qui-quadrado. Não foram encontradas diferenças significativas entre os grupos quanto às variáveis emocionais estresse, ansiedade, depressão e desesperança. O grupo de pacientes com SAB apresentou mais sintomas físicos de estresse e neurofisiológicos de ansiedade. Na avaliação clínica dos resultados, o grupo SAB apresentou nível leve de ansiedade (M = 12,8; dp = 9,8) e o grupo controle, nível mínimo (M = 9,73; dp = 7,5). Em conclusão, os dados apresentados sugerem que, na amostra estudada, pacientes com Síndrome de Ardência Bucal ativa apresentam níveis clinicamente mais elevados de ansiedade.
Abstract The authors evaluated stress, anxiety, depression and hopelessness in patients with Burning Mouth Syndrome (BMS) and controls. Thirty patients with BMS were compared to 30 controls in the metropolitan area of Porto Alegre, Brazil. They answered a questionnaire of demographic data, the Lipp Stress Symptoms Inventory for Adults and the Beck Scales of Anxiety (BAI), Depression (BDI) and Hopelessness (BHS). The data were analyzed by Pearson’s correlation Test, ANCOVA Test controlled by age and income and Qui-square Test. According to the analysis, there were not significant differences among the groups on stress, anxiety, depression and hopelessness. The patients' group with SAB showed more physical symptoms of stress and more symptoms of neurophysiological anxiety. In the clinical evaluation of the results, the SAB group had light level of anxiety (M = 12,8; dp = 9,8) and the control group had minimum level of anxiety (M = 9,73; dp = 7,5). These data suggest that, in the studied sample, patients with Burning Mouth Syndrome showed higher levels of anxiety in the clinical analysis of results.
Tipo Trabalho de conclusão de especialização
URI http://hdl.handle.net/10183/12298
Arquivos Descrição Formato
000603443.pdf (72.97Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.