Repositório Digital

A- A A+

Avaliação da situação de saúde no município de Encantado - RS

.

Avaliação da situação de saúde no município de Encantado - RS

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Avaliação da situação de saúde no município de Encantado - RS
Autor Radaelli, Kiara
Orientador Bassanesi, Sergio Luiz
Data 2007
Nível Especialização
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Medicina. Curso de Especialização em Saúde Pública.
Assunto Saúde pública
[en] Epidemiology
[en] Health status indicators
[en] Information systems
[en] Public health
Resumo Introdução: Este trabalho consiste em uma avaliação extensa da situação de saúde do município de Encantado, no Rio Grande do Sul, visando a um diagnóstico de saúde coletiva que possa ser útil para o planejamento das suas ações no município. Metodologia: Foi seguido o modelo da Rede Interagencial de Informações de Saúde no Brasil, através de sua publicação “Indicadores Básicos para a Saúde no Brasil: Conceitos e aplicações” de 2002. Os indicadores foram obtidos por meio de sites da Internet, entre eles: DATASUS, SES/RS, IBGE, PNUD, BNDS, IPEA, Ministério do Trabalho e Emprego, UFRGS/NUTEP, e Ministério da Previdência Social/ DATAPREV, procurando avaliar as variáveis as quais são apresentadas em forma de tabelas e gráficos. Os dados obtidos foram hierarquizados, conforme os indicadores, comparando as informações equivalentes do município de Encantado com Garibaldi, Carlos Barbosa, Porto Alegre e do Estado do Rio Grande do Sul. Resultados: Encantado possui altíssimo índice de internação por quedas, baixo índice de consultas SUS por habitante e baixo número de profissionais na área da saúde. Apresenta também, um baixo gasto público com saúde em relação ao PIB, e os indicadores de mortalidade infantil mostram índices preocupantes. Conclusões: Os dados analisados sugerem a necessidade de um maior investimento em saúde, contratação de pessoal e campanhas de conscientização, estas, principalmente para reduzir acidentes e induzir mães às consultas pré e neonatal.
Abstract Introduction:This paper consists in a long evaluation about the health situation of the city of Enacantado, in Rio Grande do Sul, aiming at a collective health diagnosis that can be useful for its city actions planning.Methodology:It was followed the Health Information Interagency network in Brazil pattern, through its publication “Basics indicators for Health in Brazil: Concepts and applications”, from 2002. The indicators were obtained through web sites, that are: DATASUS, SES/RS, IBGE, PNUD, BNDS, IPEA, Work and job Ministry, UFRGS/NUTEP, and Social Welfare Ministry/ DATAPREV, in order to evaluate the variables that are presented in tables and graphs. The dices obtained were order, in agreement with the indicators, comparing the equivalent information of Encantado with the city of Garibaldi, Carlos Barbosa, Porto Alegre and the State of Rio Grande do Sul. Results: Encantado owns a very high index of medical admission because of falls, a low index of doctor appointments through SUS per inhabitant, and a small number of professionals in the health area. It also presents a low public expenses with health in relation to the PIB, and the childish mortality indicators show worrying indexes. Conclusions:The analyzed dices suggest the necessity of a bigger investment in health, hiring of people and acquire knowledge about campaigns, mainly to reduce accidents and to induce mothers to previous to birth appointments.
Tipo Trabalho de conclusão de especialização
URI http://hdl.handle.net/10183/12299
Arquivos Descrição Formato
000602102.pdf (330.0Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.