Repositório Digital

A- A A+

Fatores determinantes da superlotação do serviço de emergência do Hospital Nossa Senhora da Conceição

.

Fatores determinantes da superlotação do serviço de emergência do Hospital Nossa Senhora da Conceição

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Fatores determinantes da superlotação do serviço de emergência do Hospital Nossa Senhora da Conceição
Autor Huber, Luiz Ronaldo
Orientador Bordin, Ronaldo
Data 2005
Nível Especialização
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Escola de Administração. Curso de Especialização em Gestão em Saúde.
Assunto Gestão : Saúde
Planejamento hospitalar
Sistema Único de Saúde (SUS)
[en] Health service research
[en] Health system
[en] Hospital planning
[en] SUS (BR)
Resumo O presente trabalho é o resultado da discussão sobre os fatores avaliados como determinantes para a superlotação da emergência de um hospital público de grande porte, vinculado ao Ministério da Saúde, de acordo com a percepção das diferentes categorias que atuam nesse local, e com os reflexos sobre as condições de trabalho contraposta a qualidade da atenção prestada à população. Os fatores foram relacionados e agrupados pelo grupo de trabalho de acordo com a sua característica de ingerência: (a) como externos - fora da governança hospitalar, mas que impactam diretamente na emergência: a dificuldade de acesso à rede básica, recursos diagnósticos insuficientes, dificuldade de acesso à consulta especializada e a falta de hierarquização dos casos encaminhados ao Hospital; e (b), como componentes internos - de ingerência local ou do modus operandi com que produzse saúde em nível hospitalar: Reinternações, média de permanência nas internações, recursos diagnósticos contemplando apenas pacientes internados, ausência de linha de cuidado e integralidade, redução do número de leitos para internação, ausência de política de desospitalização e modelo assistencial. O estudo evidencia a abrangência da desarticulação do SUS, na percepção do grupo o principal determinante para a superlotação é o modelo assistencial vigente centrado em ações tecno-assistenciais nos hospitais.
Abstract The present paper is the result of a discussion over the determining factors for the emergency room overloading in a federal public hospital according to various categories of workers and its consequences over the population given quality of care. These factors were divided in two groups by the working staffs according to their interferential characteristic: (a) as external – outside the hospital jurisdiction, but with direct impact on the emergency room: the difficult access to the primary health care services, the insufficient diagnostic resources, the difficult access to specialized consultation and the lack of hierarchy in the cases referred to the hospital; (b) as related to internal issues concerning the hospital, either related to the place itself or to the modus operandi in which health is produced in the hospital set: rehospitalizations, average length of hospitalizations, diagnostic resources available only to hospitalized patients, absence of a line concerning care and integrality, reduction in the number of hospital beds, absence of a policy for de-hospitalization and the assistencial model. The study shows the regionalization and hierarchical problems in the heath system organization, results of present assistance model, which is centered in techno-hospital - the main determinant for the hospital emergency room overloading.
Tipo Trabalho de conclusão de especialização
URI http://hdl.handle.net/10183/12347
Arquivos Descrição Formato
000480817.pdf (118.8Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.