Repositório Digital

A- A A+

Avaliação da qualidade do processo de assistência pré-natal na rede pública do município de Cachoeirinha/RS

.

Avaliação da qualidade do processo de assistência pré-natal na rede pública do município de Cachoeirinha/RS

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Avaliação da qualidade do processo de assistência pré-natal na rede pública do município de Cachoeirinha/RS
Autor Jandrey, Circe Maria
Orientador Stenzel, Ana Cecilia Bastos
Data 2005
Nível Especialização
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Escola de Administração. Curso de Especialização em Gestão em Saúde.
Assunto Gestão : Saúde
Qualidade : Administracao
Resumo Este estudo exploratório/descritivo objetiva avaliar a qualidade do processo de assistência pré-natal na rede pública do município de Cachoeirinha/RS. Sua população foi composta por gestantes que, em 2003, tiveram sua assistência pré-natal e seu atendimento ao parto realizados, respectivamente, em unidades de saúde do município e no Hospital Padre Jeremias - instituição pública de referência para a área materno-infantil na região metropolitana de Porto Alegre. Foram analisados 75 cartões de gestantes, estabelecendo-se freqüência absoluta e percentual de ocorrência para as variáveis estudadas. Avaliou-se a adequação do processo de assistência pré-natal conforme os critérios de Kessner modificados, os indicadores do Programa Nacional de Humanização no Pré-Natal e Nascimento, a execução de procedimentos clínico-obstétricos durante as consultas, a legibilidade dos registros e o preenchimento ou não dos itens que integram a carteira de gestante. Combinando-se início de pré-natal e número total de consultas, a assistência atingiu níveis adequados em 36% do grupo estudado; 70,6% das gestantes receberam, adequadamente, os procedimentos clínico-obstétricos essenciais durante as consultas, mas percentual idêntico não realizou exames complementares básicos conforme os quantitativos mínimos estabelecidos pelo Programa Nacional de Humanização no Pré-Natal e Nascimento; a totalidade da documentação analisada foi legível e houve registro de informações/procedimentos em, no mínimo, 80% dos itens avaliados. Devem ser feitos esforços para atingir níveis maiores de adequação da assistência pré-natal quanto ao início da atenção, número de consultas efetuadas e realização de exames complementares básicos. Para serem implantadas as ações corretivas necessárias e de avaliação periódica, faz-se 8 necessário estabelecer uma discussão abrangente que envolva gestores, profissionais e comunidade.
Tipo Trabalho de conclusão de especialização
URI http://hdl.handle.net/10183/12348
Arquivos Descrição Formato
000480933.pdf (126.2Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.