Repositório Digital

A- A A+

A reforma administrativa e a gestão do SUS : uma discussão com gestores e trabalhdores do município de Ibirubá, RS

.

A reforma administrativa e a gestão do SUS : uma discussão com gestores e trabalhdores do município de Ibirubá, RS

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título A reforma administrativa e a gestão do SUS : uma discussão com gestores e trabalhdores do município de Ibirubá, RS
Autor Marques, Joice
Orientador Righi, Liane Beatriz
Data 2004
Nível Especialização
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Escola de Administração. Curso de Especialização de Equipes Gestoras de Sistemas e Serviços de Saúde.
Assunto Ibirubá (RS)
Organização institucional
Sistemas locais de saúde
Sistema Único de Saúde.
Resumo Este trabalho é um estudo na construção do Sistema Único de Saúde - SUS e tem seu enfoque no município, mais especificamente na reforma administrativa, trazendo o estudo para a realidade local, envolvendo seus atores sociais. O município de Ibirubá encontra-se em um movimento de mudanças onde busca o fortalecimento do setor público incluindo a saúde de forma a gerar impactos na melhoria das condições de saúde da população. No ano de 2002, na Prefeitura Municipal de Ibirubá foi feita uma reforma administrativa visando o equilibrio financeiro, para fazer chegar mais perto da população os serviços prestados pela Prefeitura, e uma reestruturação das Secretarias Municipais para melhorar condições de desenvolvimento dos planos de ações setoriais. Com isto a Secretaria Municipal da Saúde teve alteração de sua organização. A partir de uma abordagem qualitativa discute a reforma administrativa e suas expressões na gestão local do SUS (Sistema Único de Saúde) na Secretaria Municipal da Saúde de Ibirubá/RS. Foi realizado entrevistas com uma questão norteadora para executivos, gestores, funcionários e conselheiros Também realizei uma pesquisa documental: Leis Municipais da Reforma Administrativa, Regulamentos, Atas de Reuniões do Conselho Municipal de SaUde, Relatórios de Gestão e Plano Municipal de Saúde. Em relação as modificações e/ou alterações apresentam-se ainda em processo de mudanças e avanços, pois o processo ainda é recente e segundo o grupo que participou da coordenação disseram que os frutos desse processo da reforma administrativa na saúde ainda colhidos, pois os melhores resultados viram a seguir com a integração da equipe e com o comprometimento da continuidade das ações, pois os funcionários são a partir de agora do quadro com plano de cargos carreira e salários e não os cargos em comissão como era antes de 2002. E que todos os entrevistados vêem que a reforma foi importante para o avanço do sistema, mas devemos avançar mais, principalmente na integração e qualificação dos recursos humanos, com um importante ator "o gestor municipal de saúde".
Tipo Trabalho de conclusão de especialização
URI http://hdl.handle.net/10183/12369
Arquivos Descrição Formato
000432932.pdf (5.056Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.