Repositório Digital

A- A A+

Avaliação da postura corporal estática no plano frontal a partir de imagem digital

.

Avaliação da postura corporal estática no plano frontal a partir de imagem digital

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Avaliação da postura corporal estática no plano frontal a partir de imagem digital
Autor Comerlato, Tatiana
Orientador Loss, Jefferson Fagundes
Data 2007
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Escola de Educação Física. Programa de Pós-Graduação em Ciências do Movimento Humano.
Assunto Digitalização : Imagem
Escoliose
Postura corporal
[en] Digital image
[en] Palpation
[en] Postural assessment
[en] Scoliosis
Resumo O objetivo deste estudo foi verificar a validade da utilização de uma metodologia de avaliação postural baseada na identificação de estruturas anatômicas ósseas por palpação, na utilização de marcadores de superfície e na aquisição de imagens digitais, e a avaliar a validade do software Avaliação Postural a Partir de Imagens Digitais (APPID) na identificação e caracterização da postura da coluna vertebral estática no plano frontal. Foram avaliados 24 indivíduos (16 mulheres e 8 homens) que possuíam requisição médica para realização de exames radiográficos da coluna vertebral e cujas médias foram: idade (31,9 anos ±12,3), massa corporal (58,4 kg ± 9,4) e estatura (1,66 m ± 0,07). Marcadores reflexivos contendo chumbo foram posicionados sobre os processos espinhosos das vértebras C7, T2, T4, T6, T8, T10, T12, L2, L4 e S2, localizadas por palpação em cada indivíduo. Uma imagem radiográfica foi obtida e em seguida uma imagem fotográfica, ambas no plano frontal e em ortostatismo. Por meio da imagem radiográfica foram observados o posicionamento dos marcadores de superfície e a localização das respectivas estruturas ósseas internas e foram realizados dois procedimentos para verificar sua concordância: a avaliação do posicionamento espacial dos marcadores e a distância dos mesmos ao respectivo processo espinhoso. Estatisticamente não existiram indícios na amostra de diferenças significativas (p<0,05) entre os pontos de marcação na coluna vertebral quanto ao posicionamento espacial dos marcadores (c2=13,118; p=0,157), e nem quanto à distância dos marcadores em relação ao nível espinhal (c2=9,366; p=0,404); ou seja, o marcador identificou da mesma forma todas as vértebras estudadas. Para análise da validade do software APPID foram digitalizadas as imagens fotográficas e o laudo fornecido pelo programa foi comparado ao laudo radiográfico, quanto à identificação e caracterização da escoliose e não houve diferença estatisticamente significativa entre as duas formas de avaliação (z=-0,891; p=0,373). Complementando este resultado, as Flechas de Charrière & Roy, fornecidas pelo software APPID, foram correlacionados ao ângulo de Cobb, nas regiões torácica (r=0,75; p< 0,001) e lombar (r=0,76 p=0,007). Os resultados obtidos demonstram que existiu um forte grau de concordância entre os resultados quantitativos fornecidos pelos dois métodos e que esta concordância é estatisticamente significativa. A partir destes resultados pode-se concluir que a metodologia de palpação utilizada neste trabalho para identificação dos processos espinhosos da coluna vertebral permitiu que o software APPID fornecesse resultados válidos quanto à identificação, classificação e mensuração da escoliose idiopática nos indivíduos estudados. Assim, esta metodologia de palpação e marcação dos processos espinhosos, associada ao software APPID, caracteriza uma alternativa válida e simples para avaliação da postura estática no plano frontal. Novos estudos precisam ser realizados para verificar a reprodutibilidade do método.
Abstract The aim of this study was to verify the validity of using a postural assessment methodology based on the identification of bony anatomic structures through palpation, using surface markers and in the acquisition of digital images, and to evaluate the validity of the software Postural Assessment From Digital Images (PAFDI) in the identification and characterization of the static spine column in the frontal plan. 24 subjects (16 females and 8 males) that had a medical statement to perform radiography exams in the spine column and whose averages were: age (31.9 years old ±12.3) body mass (58.4kg ± 9.4) and stature (1.66 m ± 0.07) were evaluated. Reflexive markers containing lead were placed on the vertebras C7, T2, T4, T6, T8, T10, T12, L2, L4 and S2, found through palpation in each individual. A radiographic image was obtained and then a photographic image, both in the frontal plan and in orthostatic position. Through the radiographic image it was possible to observe the positioning of the surface markers and the localization of their internal bony structures and two procedures were performed in order to verify its concordance: the evaluation of spatial positioning of the markers and their distance regarding the spine process. Statistically, in the sample, there were not clues of significant differences (p<0,05) between the marking points in the spine column regarding the spatial positioning of the markers (c2=13,118; p=0,157), nor regarding the distance of the markers in relation to the spine level (c2=9,366; p=0,404); that is, the marker identified all the vertebras under study the same way. For the analysis of the validity of the PAFDI software, the photographic images were digitalized and the report supplied by the program was compared to the radiographic report, regarding the identification and characterization of scoliosis, and there was not a statistically significant difference between the two forms of evaluation (z=-0,891; p=0,373). Complementing this result, the Charrière & Roy’s Arrows, supplied by PAFDI software, were correlated to Cobb’s angle, in the thoracic regions (r=0,752; p< 0,001) and lumbar (r=0,760 p=0,007). The results obtained showed that there was a strong degree of concordance between the quantitative results supplied by the two methods and that this concordance is statistically significant. From these results, it can be concluded that the palpation methodology used in this work to identify the spiny processes of the spine column allowed the software PAFDI to give valid results regarding identification, classification and mensuration of idiopathic scoliosis in the individuals under study. Thus, the palpation methodology and the marking of spiny processes, associated to software PAFDI are a simple and valid alternative for the evaluation of the static posture in the frontal plan. New studies must be performed to prove the reliability of the method.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/12410
Arquivos Descrição Formato
000626519.pdf (841.8Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.