Repositório Digital

A- A A+

Estudo radiográfico e microscópico das reabsorções radiculares na presença de periodontites apicais crônicas (microscopia óptica e eletrônica de varredura)

.

Estudo radiográfico e microscópico das reabsorções radiculares na presença de periodontites apicais crônicas (microscopia óptica e eletrônica de varredura)

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Estudo radiográfico e microscópico das reabsorções radiculares na presença de periodontites apicais crônicas (microscopia óptica e eletrônica de varredura)
Autor Ferlini Filho, João
Orientador Garcia, Roberto Brandão
Data 1999
Nível Doutorado
Instituição Universidade de São Paulo. Faculdade de Odontologia de Bauru.
Assunto Endodontia : Doencas : Diagnostico
Radiografia : Diagnostico
Reabsorções dentárias
Resumo O objetivo deste trabalho, que utilizou 87 dentes humanos extraídos, portadores de lesão periapical, foi o estudo morfológico das reabsorções, procurando relacionar sua identificação microscópia com a presença ou não do fenômeno na radiografia inicial de diagnóstico. Em uma primeira etapa, procedemos à análise das radiografias correspondentes às setenta e duas amostras, para, em um segundo momento, submetê-las à análise em microscopia óptica. A terceira fase do nosso trabalho constituiu-se na confrontação dos achados radiográficos e microscópicos da amostragem, preocupando-nos com aspectos que tenham ocorrido nas duas análises ou em só uma delas. Em cada análise (radiografica e microscópica), foram abordadas características, como localização, profundidade e estágio evolutivo. Utilizamos ainda, nas 15 amostras restantes, a microscopia eletrônica de varredura, unicamente com finalidade de ilustração complementar. Os resultados da análise radiográfica mostraram que 63,88% das amostras não permitiram identificar reabsorção radicular, sendo incluídas na categoria reabsorçáo radicular não observável. O restante da amostragem, 36,11%, permitiu ver, na radiografia, alguma forma de reabsorção, denominada reabsorção radicular observável. Na análise microscópica, 5,55% das raízes mantiveram contorno radicular íntegro, sendo incluídas na categoria de reabsorção radicular ausente. A maioria, entretanto, 94,44%, mostrou algum tipo de reabsorção, sendo incluída no grupo com reabsorção radicular presente. Os resultados das análises radiográfica e microscópica revelaram que alguma forma de reabsorção radicular está presente na maioria dos dentes portadores de processo crônico periapical. As reabsorções radiculares foram vistas com mais facilidade no exame microscópico do que no exame radiográfico. O presente trabalho deixou claro também que as radiografias convencionais não são recursos eficientes para o diagnóstico de reabsorções radiculares em estágios iniciais.
Abstract The objective of this dissertation, which employed 87 extracted human teeth, carriers of periapical lesion, was the morphological study of the resorptions, trying to relate their microscopic identification with the presence or not of the phenomenon in the incipient X-ray of diagnosis. In a first stage we proceeded to the analysis of the X-ray pictures related to the seventy two samples, then in a second stage we submitted them to the analysis in optical microscopy. The third stage of our work comprised the confrontation of the radiographic and microscopic findings of the sampling, observing the aspects that occurred in both analyses or in just one of them. In each one of the analyses (radiographic and microscopic), characteristics such as localization, depth and evolutionary stage were approached. We also employed, in the other 15 samples left, the scanning electron microscopy with the only objective of complementary illustration. The results of the radiographic analysis showed that 63,88% of the samples did not allow to identify radicular resorption, being included in the nonobservable radicular resorption category. The rest of the sampling , 36,11% allowed to see in the X-ray some form of resorption called observable radicular resorption. In the microscopic analysis, 5,55% of the roots kept complete radicular contour, being included in the category of absent radicular resorption. However, most part of the roots, 94,44%, showed some kind of resorption, being included in the group with present radicular resorption. The results of the radiographic and microscopic analyses revealed that some form of radicular resorption is present in most of the teeth carriers of periapical chronic process. The radicular resorptions were seen more easily in the microscopic exam rather than the radiographic exam. The present dissertation also showed evidence that the conventional X-ray pictures are not efficient resources for the diagnosis of radicular resorptions at initial stages.
Tipo Tese
URI http://hdl.handle.net/10183/12445
Arquivos Descrição Formato
000454791.pdf (28.85Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.